Header Ads Widget

Responsive Advertisement

CRUZEIRO PERDE FORA DE CASA PELO BRASILEIRÃO DIANTE DO BAHIA



O Cruzeiro não deixou o seu torcedor satisfeito e, no primeiro jogo na Série B do Campeonato Brasileiro, na noite desta sexta-feira (8), perdeu para o Bahia por 2 a 0. O time celeste jogou mal e sofreu, principalmente no segundo tempo, quando levou os gols do atacante Jacaré, que saiu do banco e resolveu a partida em poucos minutos.

O próximo jogo do Cruzeiro está marcado para terça-feira (12), contra o Brusque, no Mineirão, às 21h30. Já o Bahia visita o Náutico na sexta-feira, às 21h30, nos aflitos.

    O JOGO                        

O primeiro tempo foi bastante movimentado, com boas oportunidades para ambas as equipes. O Cruzeiro teve chances mais claras, com Waguininho (que perdeu um gol feito), e Pedro Castro, que acertou o travessão no último lance da etapa inicial.


Apesar das chances, a Raposa não aproveitou quando poderia e depois acabou sendo vítima do chavão; "quem não faz, leva".

O time celeste teve muita dificuldade por causa da forte marcação do Bahia, que adiantava suas linhas para pressionar a saída de bola cruzeirense. Sem conseguir jogar e impor seu ritmo, acabou controlado pelo adversário.

No segundo tempo o time de Paulo Pezzolano levou os golpes de misericórdia de um jogador que saiu do banco tricolor e mudou o jogo: Victor Jacaré.

O atacante do Bahia precisou de apenas um minuto após entrar no jogo para balançar as redes. Davó, que também havia acabado de entrar, recebeu a bola do lado esquerdo, invadiu a área e tocou para Jacaré que, de carrinho na pequena área, empurrou para o fundo do gol: 1 a 0.


Baqueado, o Cruzeiro sofreu mais um gol. Ele de novo, Jacaré, chutou de longe e o goleiro Rafael Cabral acabou aceitando: 2 a 0.

Para piorar, nos minutos finais a Raposa ainda ficou com um a menos, após a expulsão de Wagner, aos 45 minutos do segundo tempo.

BAHIA 2 X 0 CRUZEIRO

Motivo: 1ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Estádio: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data e horário: 8 de abril de 2022 (sexta-feira), às 21h30
Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)
Assistentes: Éder Alexandre e Henrique Neu Ribeiro (SC)
VAR: Heber Roberto Lopes (SC)
Gols: Victor Jacaré (aos 11º2ºT e aos 28'2ºT)
Cartões amarelos: Rafael Santos, Eduardo Brock (Cruzeiro); Patrick (Bahia)
Cartão vermelho: Wagner (Cruzeiro)


BAHIA - Danilo Fernandes; Douglas Borel (Jonathan), Ignácio, Luiz Otávio e Luiz Henrique; Rezende, Patrick (Emerson Santos) e Daniel; Raí (Victor Jacaré), Marco Antônio (Ronaldo) e Rodallega (Davó). Técnico: Guto Ferreira

CRUZEIRO - Rafael Cabral; Rômulo, Oliveira (Wagner), Eduardo Brock e Rafael Santos; Willian Oliveira, Pedro Castro (Adriano) e Fernando Canesin; Vitor Leque (Vitor Roque), Waguininho (Daniel Jr) e Edu. Técnico: Paulo Pezzolano

Postar um comentário

0 Comentários