Mano celebra semana livre, mas não vê vantagem para o Cruzeiro no 1º jogo da final do Mineiro - CLUB SPORTS | O SEU CANAL DE ESPORTES

Breaking

terça-feira, 25 de abril de 2017

Mano celebra semana livre, mas não vê vantagem para o Cruzeiro no 1º jogo da final do Mineiro



Desde o início do mês de abril disputando dois jogos por semana, praticamente todos decisivos, o Cruzeiro enfim poderá desfrutar de alguns dias de descanso e treinamento até o primeiro jogo da final do Campeonato Mineiro, no domingo, às 16h, contra o Atlético, no Mineirão. Para o técnico Mano Menezes, comemorou a folga no calendário antes de um confronto decisivo e brincou com a situação.

“Fala baixo porque é capaz do pessoal arrumar um jogo pra gente na quarta-feira”, descontraiu o treinador, interrompendo a pergunta de um repórter sobre o tema na entrevista coletiva após a vitória sobre o América que classificou o time para a final do Estadual.

Nas últimas três semanas, o Cruzeiro vem de uma sequência de duas partidas a cada sete dias. E não foram jogos quaisquer. A maratona começou no dia 1º de abril no clássico contra o Atlético, pela fase classificatória do Mineiro. Logo depois veio o duelo com o Nacional-PAR (Copa Sul-Americana), Democrata-GV (última rodada da 1ª fase do Estadual), único confronto que não valia nada, os dois duelos com o São Paulo (pela Copa do Brasil) e os dois diante do América (semifinal do Mineiro).

“A gente termina um jogo como esse (contra o América) com muitos jogadores com dores, com excesso de cansaço. É importante ter essa semana para, primeiro, zerar esse desgaste e, depois, poder fazer quatro treinamentos na sequência, que é muito difícil de ter. Isso vai dar à equipe uma condição de fazer o primeiro clássico (diante do Atlético, no domingo) com uma intensidade bastante forte, como o jogo vai requerer”, declarou Mano.

No entanto, o treinador não vê a semana livre para descansar e treinar como uma vantagem do Cruzeiro para o primeiro duelo da final do Mineiro. O arquirrival jogará nesta quarta-feira, às 19h30, contra o Libertad-PAR, no Independência, pela Copa Libertadores. “O Atlético não teve uma sucessão de jogos como nós tivemos. Há algumas semanas, o Atlético teve várias semanas cheias de treinamento. Certamente, eles guardaram energia para enfrentar o Cruzeiro, então eu não espero nenhum tipo de facilidade”, disse.

Mas para o segundo e decisivo confronto, em 7 de maio, o Cruzeiro não terá uma semana cheia para se preparar, pois enfrentará a Chapecoense na quarta-feira, dia 3, pelo duelo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Da mesma forma o Atlético, que não terá descanso novamente, pois jogará no mesmo dia contra o Sport Boys, na Bolívia, pela Copa Libertadores.

“Uma semana só não te dá toda essa recuperação, embora seja muito melhor. O clássico tem uma força tão grande que você supera todo e qualquer tipo de desgaste. Tenho certeza que as duas equipes estarão muito fortes no domingo”, finalizou Mano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário