Com ‘obrigação’ no discurso, Atlético ainda não conseguiu terminar uma rodada no G6 - CLUB SPORTS | O SEU CANAL DE ESPORTES

Breaking

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Com ‘obrigação’ no discurso, Atlético ainda não conseguiu terminar uma rodada no G6



O discurso no Atlético está muito longe da prática. Após as eliminações do time na Libertadores e na Copa do Brasil, a comissão técnica e os jogadores passaram a dizer que o foco da equipe passou a ser o G6 do Campeonato Brasileiro para retornar à competição continental no ano que vem. À época, o presidente Daniel Nepomuceno chegou a falar que a vaga é ‘obrigação’. No entanto, o clube ainda não conseguiu terminar uma rodada no grupo dos seis primeiros colocados do Nacional.

Oscilando entre o meio e a parte de baixo da tabela desde o início do Brasileirão, o Atlético atingiu, no máximo, a oitava posição ao fim das 1ª e 11ª rodadas. Na maior parte do campeonato, o time alvinegro figurou entre o 11º e o 16º lugar, chegando a ficar na zona de rebaixamento em duas oportunidades.

A campanha irregular do Galo é refletida nas campanhas como mandante e visitante. Em casa, o Atlético tem o terceiro pior desempenho, com 12 pontos conquistados em 12 jogos (33,3% de aproveitamento). Já fora de Belo Horizonte, a equipe tem o terceiro melhor rendimento: 18 pontos em 11 partidas (54,5%).

Outro ponto negativo na caminhada cambaleante do Atlético no Brasileiro é o ataque. Em 23 partidas, o time balançou as redes apenas 25 vezes, o quinto pior da competição. No último sábado, o setor ofensivo colaborou para a equipe não entrar, de forma provisória, no G6. Mesmo com dois jogadores a mais, o Galo não conseguiu furar a defesa do Palmeiras, em pleno estádio Independência. Além disso, Fred perdeu um pênalti, o quinto do Galo na competição.

A quatro pontos do G6, o Atlético permanecerá pelo menos mais uma rodada fora do grupo dos clubes que se classificam para a edição 2018 da Copa Libertadores.

O alento do Atlético para se classificar para a Libertadores é a grande possibilidade de o G6 se transformar em G7, já que Cruzeiro (sexto colocado) ou Flamengo (na quinta posição) será campeão da Copa do Brasil e garantirá um lugar no torneio continental de forma direta. Desta forma, vai abrir mais uma vaga via Campeonato Brasileiro caso o vencedor do torneio eliminatório permaneça entre os seis primeiros até a última rodada do Brasileirão. A chance de ampliação do G6 estende-se para um eventual título brasileiro na Copa Sul-Americana (Corinthians, Flamengo, Fluminense, Sport, Ponte Preta e Chapecoense seguem na disputa) e/ou na Libertadores (Grêmio, Santos e Botafogo estão nas quartas de final).

O zagueiro Gabriel espera que o Atlético recupere os pontos perdidos no empate com o Palmeiras no próximo domingo, às 11h, diante do Avaí, na Ressacada. Porém, o desafio será grande para o Alvinegro, pois o time catarinense tem a melhor campanha do returno.

“Infelizmente, deixamos de ganhar dois pontos, mas não podemos ficar remoendo o passado. Temos que tirar as lições, o aprendizado, e trabalhar durante a semana para que não aconteça novamente”, disse. “O Avaí vem fazendo uma grande campanha no returno e sabemos da dificuldade que vai ser o jogo na casa deles, mas vamos trabalhar bem essa semana para chegar lá e conseguir conquistar os três pontos”, completou.

Colocação do Atlético ao fim de cada rodada do Brasileirão 2017:

1ª rodada – 8ª posição*
2ª rodada – 15ª posição
3ª rodada – 16ª posição
4ª rodada – 17ª posição
5ª rodada – 15ª posição
6ª rodada – 16ª posição
7ª rodada – 17ª posição
8ª rodada – 15ª posição
9ª rodada – 16ª posição
10ª rodada – 14ª posição
11ª rodada – 8ª posição*
12ª rodada – 9ª posição
13ª rodada – 12ª posição
14ª rodada – 11ª posição
15ª rodada – 11ª posição
16ª rodada – 13ª posição
17ª rodada – 10ª posição
18ª rodada – 11ª posição
19ª rodada – 15ª posição
20ª rodada – 11ª posição
21ª rodada – 13ª posição
22ª rodada – 10ª posição
23ª rodada – 11ª posição

Nenhum comentário:

Postar um comentário