Header Ads Widget

Responsive Advertisement

Mano Menezes elogia rendimento do time e parabeniza Nação Azul pelo apoio



Dentro de campo, mais uma vitória, a sexta no Campeonato Mineiro, ratificando a liderança da competição. Fora dele, o apoio de quase 32 mil torcedores, que empurraram o Cruzeiro no 1 a 0 sobre o Villa Nova. A combinação perfeita deixou o técnico Mano Menezes satisfeito com a partida disputada na tarde deste sábado no Mineirão.

Na visão do treinador, o Cruzeiro fez um jogo seguro e o placar de vantagem mínima não refletiu a produção de sua equipe durante os 90 minutos.

“Hoje o Cruzeiro fez um bom jogo. O placar de 1 a 0 não reflete o que a equipe produziu e as chances que criamos. Poderia ter sido mais. Não foi mais porque o Villa foi inteligente. Eles dificultaram o máximo que puderam. Mesmo assim foi o suficiente para fazermos uma vitória segura. O Cruzeiro vai amadurecendo e isso me deixa contente.

Mano destacou também a postura do time adversário, que se portou bem defensivamente e tentou seu gol em jogadas de contra-ataques, bem anuladas pela equipe cinco estrelas.

“É comum no estágio em que nós estamos, quando as coisas estão difíceis, querermos acelerar e cometer erros. Eles estavam esperando nosso erro para contra-atacar. Mas, demos poucas oportunidades para isso acontecer no jogo e isso me deixa contente. A vitória nos dá 19 pontos importantes para nos dar uma tranquilidade maior para confirmarmos nossa classificação em um primeiro momento e, depois, dentro de um segundo objetivo, ficarmos em primeiro lugar”, salientou.

Como não podia ser diferente, o técnico celeste enalteceu mais uma vez a presença do torcedor, que tem dado um verdadeiro show nas arquibancadas e sido elemento fundamental neste bom início de temporada do Clube.

“A torcida do Cruzeiro está de parabéns, com um comportamento extraordinário na ajuda para com a equipe. Logico que esse ambiente favorável influi no rendimento dos jogadores. É bom você entrar em campo e olhar para um jogo relativamente simples do Mineiro e ver a presença do torcedor com os números que estamos tendo em nossa casa. Só temos a elogiá-los e trabalhar para que possamos manter essa empatia entre time e torcida”, reconheceu Mano.