Header Ads Widget

Responsive Advertisement

Cruzeiro sai na frente, mas cede empate para Patrocinense, que se classifica às quartas


Usando uma formação completamente reserva, o Cruzeiro empatou com o Patrocinense por 1 a 1, neste domingo, na cidade de Patrocínio, pela última rodada da fase de classificação do Campeonato Mineiro. Como já estava com a liderança assegurada, o jogo não valia nada para a Raposa que preferiu poupar os titulares, que vinham de uma desgastante sequência de partidas. O resultado se viu em campo, com um jogo muito fraco, principalmente no primeiro tempo, quando nenhuma das equipes criou grande oportunidade de gol.

Com o placar, as duas equipes voltarão a se enfrentar nas quartas de final, que será disputada no próximo fim de semana. O duelo será em jogo único. Como terminou a fase de classificação em primeiro, o Cruzeiro tem a vantagem de jogar no Mineirão. Se a partida terminar empatada, a vaga será disputada nos pênaltis.

O atacante Rafael Marques, que até então não tinha jogado em 2018, começou o confronto na equipe principal e abriu o placar para o Cruzeiro aos 26 minutos da etapa final.

O Patrocinense empatou o duelo, aos 39, com Gênesis. O gol, no entanto, foi irregular. O jogador da equipe da casa estava em posição de impedimento quando recebeu o passe dentro da área antes de finalizar para as redes.

O gol irregular acabou dando a classificação ao Patrocinense, que garantiu a oitava posição, com 13 pontos, levando vantagem sobre a Caldense no saldo de gols (um gol negativo contra três negativo). 

Com o empate, o Cruzeiro terminou a fase de classificação invicto, com 29 pontos.

  • O JOGO

Com a bola rolando, o Cruzeiro não conseguiu levar perigo ao gol do Patrocinense no primeiro tempo, mas o time da casa também não construiu grandes oportunidades na etapa inicial. Aos 6 minutos, Bruno Moreno arriscou de muito longe e a bola passou perto do gol cruzeirense, mas as chances a partir daí não surgiram.

O jogo continuou com marcação cerrada dos dois lados na etapa final, mas ela foi bem mais agitada. Aos sete, o Patrocinense fez jogada ensaiada em cobrança de falta, chegando com muito perigo na pequena área cruzeirense, mas a defesa conseguiu fazer o corte. Os mandantes chegaram de novo aos 11 minutos. Após rápida saída do campo de defesa, Ângelo bateu de três dedos para defesa do goleiro Rafael. O lateral ainda furou no rebote.

 MGLIANE TEMPEROS

O gol finalmente saiu aos 26 minutos e foi do Cruzeiro. Mancuello deu um belo passe para Rafael Marques, que foi calmo para driblar o goleiro e tocar para o fundo das redes do Patrocinense. 

O time de Patrocínio teve chance de empatar aos 35 minutos, quando Genesis recebeu cruzamento na área e cabeceou perto da trave direita, mas para fora. Os mandantes seguiram tentando e conseguiram a igualdade aos 39 minutos, com Genesis, que recebeu passe na área, ajeitou e bateu de canhota para o fundo das redes. 

Rafael Marques ainda assustou o Patrocinense no último lance de perigo do jogo, mas a bola foi para fora, ficando no empate.
  • PATROCINENSE 1 X 1 CRUZEIRO

Motivo: 11ª rodada do Campeonato Mineiro
Data: 11/03/2018 (domingo)
Local: Estádio Pedro Alves do Nascimento, em Patrocínio-MG
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira
Gols: Rafael Marques aos 26 e Genesis aos 39 minutos do segundo tempo.
Patrocinense: Neguete, Ângelo, Diego Borges, Juninho e Mateus Mendes; Mário César, Bruno Moreno, Leomir e Diego Peixoto (Marcelo Régis); Ademir (Genesis) e Jeferson Berger (Juninho Arcanjo)
Técnico: Welington Falardo
Cruzeiro: Rafael, Ezequiel, Dedé, Digão e Marcelo Hermes; Lucas Silva, Bruno Silva (Nonoca), Mancuello e Raniel (Marcelo), Rafael Marques e Judivan (Sassá)
Técnico: Sidnei Lobo
Cartões amarelos: Leomir e Bruno Moreno (Patrocinense), Ezequiel, Mancuello (Cruzeiro)