Cruzeiro bate o Botafogo e garante a primeira vitória no Brasileirão - CLUB SPORTS | O SEU CANAL DE ESPORTES


 

Breaking

 ASSISTIR AGORA!

domingo, 6 de maio de 2018

Cruzeiro bate o Botafogo e garante a primeira vitória no Brasileirão




O Cruzeiro desencantou no Campeonato Brasileiro, fazendo o primeiro gol e os primeiros três pontos de vitória, neste domingo, no Mineirão, em partida válida pela 4ª rodada. O time mineiro derrotou o Botafogo, por 1 a 0. Dedé fez o único gol do jogo, aos 26 minutos da etapa final.

Aquela máxima do futebol que só faz quem tenta, valeu para o time de Mano Menezes. O ditado poderia valer para a equipe de Valentim também, que fez um jogo de “lá e cá” com os donos da casa; mas o poder ofensivo da Raposa, que vem de goleadas pela Libertadores, falou de novo mais alto. 

Com o resultado, o Cruzeiro deixou a zona de rebaixamento e subiu para a região intermediária da tabela, com quatro pontos. O Botafogo, por outro lado, perdeu a invencibilidade e se distanciou dos primeiros colocados, com cinco pontos. 

Bem organizado, o Botafogo surpreendeu o Cruzeiro no início da partida, com marcação pressão e chutes a gol. Logo aos cinco minutos, Brenner recuperou a bola na entrada da área e bateu colocado, assustando o goleiro Fábio. Os donos da casa demoraram a se soltar e sofreram com a marcação forte em cima de Thiago Neves e Arrascaeta. 

Enquanto isto, o Botafogo seguia assustando. Em cobrança de falta da lateral, Léo Valencia tentou surpreender Fábio batendo por cobertura. A bola tocou no travessão e saiu para a linha de fundo. Em meio ao equilíbrio da primeira etapa, o Cruzeiro tentou acelerar o ritmo na reta final da primeira etapa. 

Usando a velocidade pelas pontas com Rafinha e Egídio, o Cruzeiro teve boas oportunidades. Arrascaeta tentou de voleio, mas não pegou bem na bola e facilitou para Jefferson. Em seguida Léo tentou no jogo aéreo após cobrança de escanteio e errou por pouco. 

O equilíbrio seguiu no segundo tempo. Logo no início, aos 13 minutos, o Botafogo teve boa chance de marcar com Brenner. O centroavante aproveitou cruzamento de Gilson e deu um leve desvio, obrigando Fábio a fazer a defesa. Ao ver seu time com dificuldades para entrar na defesa adversária, o técnico Mano Menezes mexeu no time trocando Sassá por Raniel. Na primeira vez que foi acionado, o centroavante tabelou com Rafinha e finalizou forte, obrigando Jefferson a fazer a defesa. 

O lance iniciou a pressão cruzeirense dentro de campo. Com mais posse de bola, o time mineiro foi para cima e viu Jefferson tentar estragar a festa com outra grande defesa em finalização de Rafinha. Aos 26 minutos, no entanto, o goleiro não pode fazer nada. Depois de cobrança de escanteio de Arrascaeta, o zagueiro Dedé subiu no meio da marcação e testou firme. 

O Botafogo tentou reagir e foi para o tudo ou nada com a entrada de Kieza na vaga de Rodrigo Lindoso, mas deixou espaços. Arrascaeta, homem mais criativo do Cruzeiro durante toda partida recebeu de Raniel, mas parou em Jefferson novamente. Enquanto isto, o time carioca seguia insistindo nas jogadas de força buscando os centroavantes. As chances, no entanto, não apareceram e a vitória cruzeirense foi confirmada. 

No final da partida, o que mais chamou atenção foi uma discussão entre Alberto Valentim, treinador do Botafogo, e Robertinho, preparador de goleiros do Cruzeiro. O técnico botafoguense estava reclamando de um possível toque de mão de Dedé dentro da área após cruzamento. O membro da comissão técnica cruzeirense não gostou e a discussão teve início. Na descida para o túnel, após o final da partida, os dois tiveram que ser contidos por seguranças.

Enquanto o Cruzeiro ganha uma semana para trabalhar e volta a campo apenas no próximo domingo contra o Sport, às 11 horas, novamente no Mineirão, em Belo Horizonte, o Botafogo encara uma pequena maratona. No meio de semana, enfrenta o Audax Italiano, às 21h45, pela Copa Sul-Americana. Em seguida, fará o clássico com o Fluminense, no dia 14 (segunda-feira), às 20 horas, no Engenhão. 


  • CRUZEIRO 1 X 0 BOTAFOGO

Cruzeiro: Fábio; Lucas Romero, Dedé, Leo e Egídio; Henrique e Lucas Silva; Rafinha (Bruno Silva), Thiago Neves (Robinho) e De Arrascaeta; Sassá (Raniel). Técnico: Mano Menezes

Botafogo: Jefferson; Marcinho, Carli, Igor Rabello e Gilson; Rodrigo Lindoso (Kieza), Matheus Fernandes, Renatinho e Leo Valencia (João Pedro); Rodrigo Pimpão (Luiz Fernando) e Brenner. Técnico: Alberto Valentim

Gol: Dedé 26'/2º tempo

Cartões Amarelos: Henrique (Cruzeiro); Gilson, Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes e Luiz Fernando (Botafogo)

Motivo: 4ª rodada do Brasileiro

Estádio: Mineirão

Data: domingo, 6 de maio de 2018

Horário: 16h

Público pagante: 17.049 - R$ 391.830,00

Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)

Assistentes: Rogério Pablos Zanardo e Daniel Luiz Marques (SP)