Atlético vence Botafogo, quebra jejum no Rio e fecha 1º turno do Brasileiro em quinto lugar - CLUB SPORTS | O SEU CANAL DE ESPORTES


 

Breaking

 ASSISTIR AGORA!

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Atlético vence Botafogo, quebra jejum no Rio e fecha 1º turno do Brasileiro em quinto lugar

O Atlético terminou o primeiro turno do Campeonato Brasileiro quebrando um jejum de quase seis anos sem vencer o Botafogo no Rio de Janeiro. E foi em grande estilo. Com boa atuação no segundo tempo, o time mineiro se impôs e ganhou por 3 a 0, no estádio Nilton Santos, pela 19ª rodada.

No primeiro tempo, os dois times criaram boas chances para abrir o placar, mas faltou capricho. O Atlético teve a bola da etapa inicial nos pés de Ricardo Oliveira, que foi lançado em velocidade e saiu cara a cara com o goleiro Saulo, mas o atacante chutou para fora.

Mas, na etapa final, o Atlético foi superior e desencantou. Luan, Cazares e Tomás Andrade marcaram os gols da vitória mineira na capital fluminense.

O Galo não vencia os cariocas no Rio de Janeiro desde novembro de 2012, quando fez 3 a 2, no Engenhão, pelo Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Atlético fechou o primeiro turno do Brasileirão em quinto lugar, com 33 pontos, oito a menos do que o líder São Paulo, que também venceu na rodada. Já o Botafogo se manteve na 11ª posição, com 22 pontos.

Foi a terceira vitória do Atlético fora de casa neste Brasileirão. Na briga pelas primeiras colocações na tabela, o time alvinegro precisava dos três pontos como visitante, o que havia acontecido somente contra Atlético-PR (13 de maio) e América (7 de junho).

Na abertura do returno, o Atlético recebe o Vasco, quinta-feira, às 20h, no Independência. Já o Botafogo visita o Palmeiras na quarta, às 21h, no Allianz Parque.
  • O JOGO

Embalado pela classificação às oitavas de final da Copa Sul-Americana, o Botafogo começou em cima do Atlético e exigiu duas defesas de Victor através de Leo Valencia e Aguirre. A resposta mineira veio através de Cazares. Em jogada ensaiada em cobrança de escanteio, o equatoriano cruzou fechado, ninguém desviou e Saulo espalmou.

Aos 15 minutos, Aguirre tentou de bicicleta, mas pegou errado e a bola sobrou para Leo Valencia bater de primeira. Victor fez a defesa. A melhor chance do primeiro tempo até então foi criada pelo Atlético aos 19 minutos. Ricardo Oliveira recebeu nas costas da zaga e bateu na saída de Saulo. A bola passou raspando a trave.

Na sequência, Renatinho pegou cruzamento de primeira e Victor espalmou. Os dois times tiraram o pé do acelerador fazendo a partida cair de ritmo nos minutos finais do primeiro tempo. Aos 41, Chará passou como quis por Carli e rolou para trás. Ricardo Oliveira bateu de primeira com perigo, pela linha de fundo. No último lance da etapa, Cazares cruzou e Nathan cabeceou para fora.

O segundo tempo começou morno até brilhar a estrela de Thiago Larghi. Pouco depois de entrar no lugar de Nathan, Luan tabelou com Matheus Galdezani e bateu no canto direito de Saulo. 

A torcida botafoguense começava a perder a paciência com o time após o gol atleticano. A situação do Botafogo ficou mais complicada quando Rodrigo Lindoso sentiu uma contusão muscular e precisou ser substituído por Marcelo. Aos 28, Ricardo Oliveira recebeu de Chará e bateu rasteiro para defesa em dois tempos de Saulo. 

O time da casa partiu para cima e deu espaço para o contra-ataque. Foi assim que o Atlético ampliou aos 35. Chará desceu em velocidade, passou por dois marcadores e cruzou rasteiro para Cazares bater de primeira. 

Nos minutos finais, o Botafogo se lançou em busca do gol de honra, mas quem marcou de novo foi o Atlético. A zaga carioca saiu jogando errado, Ricardo Oliveira passou para Tomás Andrade, que finalizou colocado no canto de Saulo.
  • BOTAFOGO 0 X 3 ATLÉTICO MG

Botafogo: Saulo; Luiz Ricardo, Joel Carli, Igor Rabello e Moisés; Rodrigo Lindoso (Marcelo), Gustavo (Brenner), Leonardo Valencia, Luiz Fernando e Renatinho (Rodrigo Pimpão); Aguirre. Técnico: Zé Ricardo

⚑ Atlético: Victor; Emerson, Leonardo Silva, Iago Maidana e Fábio Santos; Zé Welison, Matheus Galdezani (Lucas Cândido), Chará, Cazares (Tomás Andrade) e Natan (Luan); Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi

Motivo: 20ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data e horário: 19 de agosto de 2018, domingo, às 16h
Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

🏉 Gols: Luan (16’/2º), Cazares (35’/2º), Tomás Andrade (45’/2º)

  Cartão Amarelo: Matheus Galdezani, Zé Welison, Emerson, Victor (Atlético); Luiz Fernando (Botafogo)

Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (CBF-SP)
Auxiliares: Anderson José de Moraes Coelho (CBF-SP) e Bruno Salgado Rizo (CBF-SP)
Adicionais: Marcio Henrique de Gois (CBF-SP) e Rodrigo Gomes Paes Domingos (CBF-SP)