PREPARAÇÃO PARA O GRANDE CONFRONTO ENTRE O RIVAL ATLÉTICO SEGUE FIRME NA INTERTEMPORADA - CLUB SPORTS | O SEU CANAL DE ESPORTES


 

Breaking

 ASSISTIR AGORA!

quinta-feira, 27 de junho de 2019

PREPARAÇÃO PARA O GRANDE CONFRONTO ENTRE O RIVAL ATLÉTICO SEGUE FIRME NA INTERTEMPORADA



        FOTO: @PAULO_TI    
Com a pausa para a Copa América, o elenco atleticano ganhou duas semanas de intertemporada na Cidade do Galo. Nesse período, os profissionais da comissão técnica alvinegra colocam em prática os planos para o recondicionamento dos atletas, após o recesso de dez dias. 

Desde a volta aos trabalhos, na última segunda-feira (24), os jogadores vivem um regime de concentração e trabalho intenso. 

Apesar de algumas semelhanças, a intertemporada se difere da pré-temporada, como estaca Daniel Félix, novo coordenador de preparação física do clube. 

“A diferença principal é o destreino, o quanto que os atletas vem destreinados. Até pela diferença de tempo, pois temos 30 dias em dezembro e a gente teve dez dias agora. 

Os atletas receberam uma programação de treinamentos para serem executados durante esses 10 dias e isso faz com que se minimize as perdas (de condicionamento físico)”, comenta. 
O Fisiologista Roberto Chiari observa que, embora a comissão técnica não esteja recebendo o grupo do mesmo jeito que estava quando quando o campeonato foi interrompido, os atletas mantiveram um nível bom de condição física. 

"Damos sequência no trabalho, respeitando esse período que estiveram parados. Já partimos de um momento um pouco mais avançado nesse processo. 

Temos um controle inicial do que eles estão fazendo, respeitando uma carga gradativa e monitorando, em todos os treinamentos, com o GPS, para controlar a carga de trabalho. Vamos avaliando a cada dia, fazendo esses pequenos ajustes para que eles tenham o melhor treinamento possível durante esse período”, frisou. 

Questões além do trabalho no campo e na academia, como a alimentação dos atletas, também se fazem importantes na intertemporada, conforme ressalta o nutricionista Evandro Vasconcelos. 

“São duas semanas somente, então, é tentar otimizar o máximo possível, do ponto de vista nutricional. Fizemos avaliações para os atletas entrarem no peso adequado, para a composição corporal e percentual de gordura adequados, buscando a retomada das competições. 

Já fizemos alguns ajustes na programação do clube, na questão de suplementação e alimentação dos atletas, fazendo algumas restrições. Agora, é trabalho o tempo todo e os ajustes alimentares e nutricionais vão ser feitos à medida que forem iniciando os trabalhos, de maneira que otimize e busque os melhores resultados neste retorno”, explicou.