ENVERGONHADO, ROGÉRIO CENI QUER MUDANÇA DE ATITUDE E DE MENTALIDADE DE JOGO - CLUB SPORTS | O SEU CANAL DE ESPORTES


 

Breaking

 ASSISTIR AGORA!

segunda-feira, 9 de setembro de 2019

ENVERGONHADO, ROGÉRIO CENI QUER MUDANÇA DE ATITUDE E DE MENTALIDADE DE JOGO


O técnico do Cruzeiro Rogério Ceni disse estar envergonhado ao conceder a entrevista coletiva após a derrota de sua equipe para o Grêmio, por 4 x 1, neste domingo, no estádio Independência, em Belo Horizonte.

Segundo o comandante da Raposa, é preciso mudar a atitude e a mentalidade de jogo para que a situação do time cinco estrelas possa melhorar o mais rápido possível.

“Eu até me sinto envergonhado de vir aqui, para ser sincero. Eu preferiria não dar entrevista para vocês. Só venho por educação mesmo, cumprir o meu papel. Eu já perdi na minha carreira, muitos jogos, mas existem maneiras e maneiras de você ser derrotado. 

A situação já é uma situação muito delicada. Eu lamento ter que vir aqui e falar. Lamento pela situação vivida, pela derrota que foi no meio de semana e hoje também”, afirmou o treinador.

O treinador declarou ainda que alguns jogadores precisam de uma maior preparação para que possam voltar a render o esperado e aventou a possibilidade de alterar o esquema da equipe celeste.

“Os erros de passe se avolumaram. Temos ótimos passadores, mas que não estão conseguindo executar. 

Talvez seja a hora de mudar o esquema de jogo, algumas peças e tentar preparar melhor esses jogadores durante dez, doze, quatorze dias, para que eles possam voltar e serem mais úteis ao Cruzeiro. Nós temos que fazer algumas mudanças. 

Modificar talvez a maneira de a gente jogar, por mais que eu goste de um futebol ofensivo e tente sempre privilegiar os jogadores de alta qualidade técnica”, disse ele.

“Nós tentamos tudo que é possível dentro dessa formação, tentando privilegiar o jogo. Hoje em dia as pessoas normalmente privilegiam a marcação em detrimento da construção de jogo. 

Talvez a maior mudança, mais drástica, é no sistema de jogar. Só uma mudança de atitude e de mentalidade de jogo é que pode fazer o Cruzeiro sair neste momento dessa situação”, completou.