Header Ads Widget

Responsive Advertisement

LIVRE NO MERCADO ALEXANDRE MATTOS DEVE SER ANUNCIADO NO ATLÉTICO ATÉ SEXTA FEIRA COMO NOVO DIRETOR DE FUTEBOL


Alexandre Mattos deve ser anunciado como novo diretor de futebol do Atlético até a próxima sexta-feira (13). O dirigente ficou ainda mais próximo do acerto com o Galo após se desligar, na manhã desta quarta-feira, do Reading, da Inglaterra, clube no qual tinha contrato, mas enfrentava dificuldades para obter o visto de trabalho. A informação foi apurada pelo repórter Cláudio Rezende, da Itatiaia. 

Em nota, Mattos afirma que com o objetivo de não “causar prejuízo ao investidor e ao Reading, deixa o clube e seu proprietário inteiramente livres para que possa ser tomada a decisão de buscar outro profissional no mercado imediatamente”. 

Ele relata cenário de indefinição para obtenção do visto de trabalho, diz que “vários fatores” retardaram o processo e cita o coronavírus. “Cria mais dificuldade em todo o processo”.

O cargo de diretor de futebol no Atlético está vago desde a demissão de Rui Costa, em 26 de fevereiro, após a eliminação para o Afogados, na Copa do Brasil. 

Na semana passada, Alexandre Mattos se reuniu com o presidente Sérgio Sette Câmara, em Belo Horizonte. Em contato com a Itatiaia, o executivo confirmou o encontro com o mandatário atleticano, mas disse que o foco dele era trabalhar fora do Brasil.

Mattos está sem trabalhar desde que foi demitido do Palmeiras, no dia 1º de dezembro do ano passado. No dia 6 de janeiro deste ano, o dirigente foi anunciado como consultor do vice-presidente de futebol do Núcleo Dirigente Transitório do Cruzeiro, Pedro Lourenço. Ele ficaria no clube celeste por 60 dias e ajudaria na formação do time para a Série B do Campeonato Brasileiro. No entanto, deixou a função quatro dias depois após a saída de Pedrinho.

Alexandre Mattos tem forte ligação com o Cruzeiro. O diretor participou da formação do time bicampeão brasileiro 2013/2014 e depois decidiu deixar o clube para se transferir para o Palmeiras. No clube paulista, formou a equipe que conquistou dois títulos do Brasileirão (2016 e 2018) e a Copa do Brasil de 2015.