Header Ads Widget

Responsive Advertisement

COM FUTEBOL BRILHANTE DE KENO ATLÉTICO APLICA TRÊS NO GREMIO




Com mais um hat trick de Keno, o Atlético se manteve na liderança do Campeonato Brasileiro ao vencer o Grêmio por 3 a 1, na noite deste sábado (26), no Mineirão, pela 12ª rodada.

Com o triunfo sobre o time gaúcho, o Galo chegou a 24 pontos, no topo da tabela de classificação, e continua com 100% de aproveitamento em seus domínios na competição. 

Na próxima rodada, o adversário será o Vasco, domingo (4/10), às 20h30, novamente no Mineirão.

  O JOGO                                              

O Atlético teve a primeira chance na cobrança de lateral de Guga direto para a grande área, mas Nathan não conseguiu desviar a bola o suficiente e o goleiro Paulo Victor fez a defesa. 

Aos dez minutos, Keno recebeu a bola na entrada da área, cortou o zagueiro e chutou rasteiro para abrir o placar no Mineirão e fazer o gol dois mil do Galo em Campeonatos Brasileiros. No lance, o goleiro gremista tentou fazer a defesa no canto direito e o árbitro não viu que a bola cruzou totalmente a linha do gol, mas foi avisado pelo VAR instantes depois.

O time gaúcho tentou responder no cabeceio de Pepê, aos 20 minutos, para fora. O Galo dominava totalmente a partida e quase marcou novamente aos 22, quando Savarino cruzou pela direita e Keno cabeceou para a defesa de Paulo Victor. 

Jair sofreu falta perto da área, aos 23 minutos, e a cobrança de Savarino desviou na barreira. Em novo ataque atleticano, Keno avançou em velocidade pela esquerda e chutou, mas Paulo Miranda conseguiu travar a conclusão. 

Aos 31, Guga arriscou de fora da área, por cima do gol. O Atlético voltou a levar perigo em cruzamentos de Guga e Franco pela direita, ambos cortados pela zaga tricolor. 

O Galo seguiu pressionando e, após cruzamento de Arana pela esquerda, a bola sobrou para o arremate de Savarino, mas a bola desviou em Diogo Barbosa e saiu sobre o gol. 

Em nova chance alvinegra, Alonso ajeitou a bola para trás na grande área e o chute de Arana desviou no zagueiro. Aos 42, Everson defendeu cobrança de falta de Robinho. 

O Atlético voltou para o segundo tempo com a mesma formação e continuou partindo para cima do adversário. Na primeira boa tentativa, Keno cruzou com perigo pela esquerda e a defesa gaúcha conseguiu cortar. 

Aos cinco minutos, Keno recebeu passe de Sasha na intermediária pela esquerda, cortou seu marcador e chutou para ampliar a vantagem atleticana: Galo 2 x 0.


O Grêmio diminuiu aos nove minutos, com Isaque, após cobrança de escanteio. Aos dez minutos, Savarino cruzou e Sasha finalizou de voleio para a boa defesa de Paulo Victor. 

A primeira mudança na equipe aconteceu aos 15 minutos, quando Allan entrou no lugar de Nathan. 

Em mais uma noite inspirada, Keno avançou em velocidade pela esquerda, invadiu a área e chutou cruzado para fora. 

Aos 20 minutos, Everson repôs a bola rapidamente e fazendo um belo lançamento para Keno, que ganhou na velocidade e tocou na saída do goleiro para fazer o seu terceiro gol no jogo: Galo 3 a 1. 

O ímpeto alvinegro continuou e, em outra grande oportunidade, Savarino cruzou rasteiro pela direita e a conclusão e Guilherme Arana desviou no zagueiro. 

Aos 41 minutos, Sampaoli promoveu três mudanças no time. Guga, Sasha e Franco foram substituídos por Bueno, Marrony e Hyoran, respectivamente. 

Aos 46, Savarino deu lugar ao garoto Sávio. O Galo seguiu dominando o jogo até o apito final do árbitro e garantiu mais uma rodada na liderança do Brasileirão. 

        ATLÉTICO 3 x 1 GRÊMIO             

Competição: Campeonato Brasileiro 
Rodada: 12ª 
Data: 26/09/2020 (sábado) 
Gols: Keno (10' - 1ºT)(5' - 2ºT)(20' - 2ºT), Isaque (9' - 2ºT) 
Estádio: Mineirão 
Cidade: Belo Horizonte (MG) 

Atlético 
Everson; Guga (Bueno), Junior Alonso, Igor Rabello, Guilherme Arana, Jair, Alan Franco (Hyoran), Nathan (Allan), Savarino, Keno e Eduardo Sasha (Marrony). 
Técnico: Jorge Sampaoli. 

Grêmio 
Paulo Victor; Victor Ferraz, David Braz, Paulo Miranda, Diogo Barbosa, Lucas Silva, Matheus Henrique, Darlan (Guilherme Azevedo), Robinho (Luiz Fernando), Isaque (Rildo) e Pepê (Ferreira). 
Técnico: Renato Gaúcho. 

Cartões amarelos: Jair (Atlético); Luiz Fernando (Grêmio) 
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira AB RN 

Árbitro Assistente 1: Danilo Ricardo Simon Manis FIFA SP 
Árbitro Assistente 2: Vinicius Melo de Lima AB RN 

Quarto Árbitro: Ronei Cândido Alves AB MG 
Analista de Campo: Rogério Pereira da Costa CBF MG 
Árbitro de Vídeo: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro AB RN 

Assistente de Árbitro de Vídeo 1: Rodrigo Batista Raposo AB DF 
Assistente de Árbitro de Vídeo 2: Ciro Chaban Junqueira AB DF 
Observador de VAR: Silvia Regina de Oliveira CBF SP