Header Ads Widget

Responsive Advertisement

ATLÉTICO MANTÉM 100% EM CASA NO BRASILEIRÃO E SEGUE NA LIDERANÇA


Avassalador em seus domínios, o Atlético venceu o sétimo jogo seguido em casa no Campeonato Brasileiro e permaneceu líder isolado da competição, agora com 30 pontos.

Na noite deste sábado (10), no Mineirão, pela 15ª rodada, a vítima foi o Goiás, derrotado pelo placar de 3 a 0. 

Os gols da partida foram de Keno, destaque do jogo, Nathan e Marrony. 

Na próxima rodada, o adversário será o Fluminense, às 21h30 desta quarta-feira (14), novamente no Gigante da Pampulha.

   O JOGO                                            

No primeiro bom ataque do jogo e do Atlético, aos seis minutos, Sávio recebeu lançamento de Réver pela direita e tentou enfiada de bola para Nathan, mas o goleiro do Goiás saiu do gol para interceptar o passe. 

No ataque seguinte, Guga cobrou lateral para a grande área, Hyoran conseguiu dominar a bola e cruzou rasteiro para o corte da defesa goiana. 

Aos 12 minutos, após receber lançamento de Réver pela direita, Sávio invadiu a área, driblou seu marcador e finalizou para fora. 

Em boa jogada pela esquerda, aos 15 minutos, Keno cruzou rasteiro e o defensor esmeraldino conseguiu cortar antes da conclusão de Sasha. Em seguida, Sávio chutou da primeira e exigiu boa defesa do goleiro Tadeu.
O Atlético pressionava bastante o adversário. Aos 18, Nathan foi à linha de fundo pela direita e cruzou para mais um corte da defesa goiana. 

Aos 20 minutos, Keno cruzou pela esquerda e, após desvio, a bola sobrou na segunda trave para Sávio, que concluiu para a defesa de Tadeu. 

O Galo teve outra boa chance aos 22, quando Keno chutou de fora da área e Tadeu conseguiu espalmar. 

Em uma das raras investidas do time adversário, Everson interceptou cruzamento de Vinícius pela direita. 

Aos 39 minutos, Keno fez boa jogada pela esquerda e tocou na área para Sasha, que foi derrubado pelo goleiro ao tentar o drible. Pênalti que Keno bateu com tranquilidade, no canto direito, para inaugurar o marcador no Mineirão: Galo 1 x 0.


Já nos acréscimos, aos 46, Keno enganou o marcador pela esquerda e cruzou na medida para o cabeceio certeiro de Nathan: Galo 2 x 0.

O Atlético regressou para o SEGUNDO TEMPO sem alterações. 
Nathan recebeu passe na entrada da área, aos nove minutos, e chutou por cima do gol. 

No minuto seguinte, Everson defendeu o cabeceio de Pintado. 
Sávio fez bom cruzamento pela direita, aos 12 minutos, mas a bola pegou no braço de Hyoran. Em seguida, Nathan foi substituído por Allan. 

Em cobrança de falta venenosa pela esquerda, aos 15, Hyoran exigiu boa defesa de Tadeu. Na sequência da jogada, o goleiro do Goiás defendeu o chute de fora da área de Allan e, ainda, o a finalização de Réver no rebote. 

Em nova tentativa alvinegra, Allan finalizou da entrada da área e a bola saiu à esquerda do gol. 

O Atlético seguiu pressionando e Sasha foi desarmado na grande área depois de receber bom passe de Keno. aos 23, Everson defendeu cabeceio de Rafael Moura.
Sávio se contundiu aos 25 minutos e foi substituído por Mailton, que tentou cruzamento rasteiro pela direita, aos 29, mas a arbitragem assinalou posição irregular do ataque atleticano. 

O técnico Jorge Sampaoli promoveu três mudanças aos 33 minutos, substituindo Jair por Dylan Borrero, Sasha por Marrony e Hyoran por Fábio Santos. 

O Galo manteve a posse de bola e a postura ofensiva. Aos 41, Keno invadiu a área e carimbou a trave do goleiro Tadeu. 

No ataque seguinte, Mailton recebeu a bola na grande área pela direita e chutou para a defesa de Tadeu, mas a arbitragem já havia assinalado impedimento do jogador atleticano. 

Aos 46, Keno tomou a bola no ataque e tocou para Marrony, que foi travado na primeira tentativa e balançou a rede na segunda finalização: Galo 3 x 0.

O quarto gol quase saiu aos 49, quando Mailton cruzou pela direita e Arana concluiu para a defesa de Tadeu, que também defendeu a tentativa de Keno na continuação da jogada. 

FICHA TÉCNICA 

          ATLÉTICO 3 x 0 GOIÁS             

Competição: Campeonato Brasileiro 
Rodada: 15ª 
Data: 10/10/2020 (sábado) 
Estádio: Mineirão 
Cidade: Belo Horizonte (MG) 
Gols: Keno (41' - 1ºT), Nathan (46' - 1ºT), Marrony (46' - 2ºT) 

Atlético 
Everson; Guga, Réver, Igor Rabello, Guilherme Arana, Jair (Dylan Borrero), Nathan (Allan), Hyoran (Fábio Santos), Sávio (Mailton), Keno e Eduardo Sasha (Marrony). 
Técnico: Jorge Sampaoli. 

Goiás 
Tadeu; Pintado, David Duarte (Miguel Figueira), Fábio Sanches, Jefferson (Caju), Gilberto (Heron), Breno, Daniel Bessa, Shaylon (Keko), Vinícius e Rafael Moura. 
Técnico: Enderson Moreira.

Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo AB SP 
Árbitro Assistente 1: Alex Ang Ribeiro AB SP 

Árbitro Assistente 2: Daniel Paulo Ziolli AB SP 
Quarto Árbitro: Vinicius Gomes do Amaral AB RS 

Analista de Campo: Renato Cardoso da Conceição CBF MG 
Árbitro de Vídeo: Rodrigo Nunes de Sa AB RJ 

Assistente de Árbitro de Vídeo 1: Alexandre Vargas Tavares de Jesus AB RJ 
Assistente de Árbitro de Vídeo 2: Thiago Gomes Magalhães CD RJ 
Observador de VAR: Raimundo Nonato Lopo de Abreu CBF DF