Header Ads Widget

Responsive Advertisement

PALMEIRAS VIRA SOBRE AMÉRICA-MG NO ÚLTIMO MINUTO E CHEGA A 14 JOGOS DE INVENCIBILIDADE COMO MANDANTE NO BRASILEIRO



Na manhã deste domingo, o América foi superado pelo Palmeiras-SP em partida válida pela 5ª rodada do Brasileirão. Jogando no Allianz Parque, em São Paulo (SP), os donos da casa conseguiram vencer a equipe americana por 2 a 1. O jogo contou a presença do técnico Vágner Mancini, anunciado essa semana como novo técnico do Coelhão.

O próximo desafio da equipe americana será na próxima quinta-feira, diante do Juventude-RS, às 16h, na Arena Independência.

      O JOGO                                                                       

Na primeira etapa o América dominou a partida, marcando bem a saída de bola do adversário e conseguindo recuperar a bola. Antes de abrir o placar, aos 37 minutos, o autor do gol americano, Geovane, já havia dado 6 chutes ao gol. No minuto seguinte ao gol do Coelhão, o Palmeiras deixou tudo igual no Allianz Parque com um gol de Willian. Nos minutos finais do primeiro tempo, o árbitro marcou penalidade para o América, mas o goleiro adversário defendeu a cobrança de Ademir.

No segundo tempo, o time adversário voltou do intervalo pressionando muito a zaga americana, que foi responsável por boas atuações durante a etapa final. Destaque para o goleiro Jori, responsável por boas defesas em todo o jogo. No último lance da partida, o Palmeiras conseguiu reverter o placar com outro gol de William.

FICHA DO JOGO

Palmeiras-SP 2×1 América

Motivo: Campeonato Brasileiro – Rodada 5
Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)
Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO)

Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)
Gols: Geovane (América); William (Palmeiras)

Cartões amarelos: Patrick de Paula (Palmeiras); Renan (Palmeiras); Ramon (América); Jailson (Palmeiras); Sabino (América); Alê (América); Geovane (América)

Cartões vermelho: Cauan de Almeida (América)

Palmeiras-SP

Jailson, Marcos Rocha, Patrick de Paula, Renan, Victor Luis, Felipe Melo, Gustavo Scarpa, Raphael Veiga, Rony, Wesley e Deyverson.
Técnico: Abel Ferreira

América

Jori, Eduardo, Eduardo Bauermann, Anderson, Ramon, João Paulo (Gustavo), Geovane (Alan Ruschel), Juninho, Rodolfo (Carlos Alberto), Ademir (Felipe Azevedo) e Alê (Sabino).
Técnico: Cauan de Almeida