EM UM JOGO DE MUITAS EMOÇOES, CRUZEIRO SUPERA A PONTE PRETA PELO BRASILEIRÃO DA SÉRIE B - CLUB SPORTS | O SEU CANAL DE ESPORTES


 

Breaking

 ASSISTIR AGORA!

domingo, 12 de setembro de 2021

EM UM JOGO DE MUITAS EMOÇOES, CRUZEIRO SUPERA A PONTE PRETA PELO BRASILEIRÃO DA SÉRIE B



O Cruzeiro precisou superar o calor, o gramado irregular da Arena do Jacaré e um rival aplicado para vencer a Ponte Preta por 1 a 0, na manhã deste sábado, em Sete Lagoas, e manter o sonho do acesso à elite se mantém vivo. O duelo, válido pela 23ª rodada da Série B, foi marcado pelo forte calor na cidade da região Central de Minas, com os termômetros marcando entre 32 e 33 graus. O atacante Bruno José, que iniciou o duelo no banco, marcou o gol da vitória celeste na segunda etapa.

O resultado colocou o Cruzeiro na 13ª posição, com 29 pontos, seis de vantagem para a zona rebaixamento e a nove do sonhado G4 (a rodada ainda será fechada). O time celeste chega a dez partidas de invencibilidade na Série B. A missão agora é manter a boa fase contra o Operário-PR, na próxima quinta-feira (16), na Arena do Jacaré. Já a Ponte, que permanece com 25 pontos, terá o clássico pelo Guarani, sexta-feira (17), em Campinas.

  O JOGO                                       

O Cruzeiro dominou amplamente os primeiros 25 minutos da etapa inicial. Apesar do calor, começou com as linhas adiantadas, criou várias chances, chegou a acertar a trave em curte Wellington Nem, obrigou o goleiro Ivan a fazer boas defesas, mas não conseguiu balançar as redes.

O ritmo celeste diminuiu o ritmo após a parada técnica para hidratação, aos 26 minutos. A Ponte, que até então não tinha finalizado, equilibrou as ações, adiantou as linhas e criou boas chances de gols, obrigando o goleiro Fábio a trabalhar. No fim, a igualdade ficou justa.

O Cruzeiro voltou para o segundo tempo com três mudanças: Giovanni, Marco Antônio e Bruno José entraram nas vagas de Claudinho, Marcinho e Rômulo. No entanto, foi a Ponte Preta que começou melhor. Tanto que quase marcou em chute de fora da área de Fessin que acertou a trave.


A Ponte estava melhor no segundo tempo, mas foi o Cruzeiro que abriu o placar, justamente com jogadores que saíram do banco. Marco Antônio fez jogada pelo lado direito do ataque e bola sobrou para Bruno José, que mandou no ângulo de Ivan.

Em desvantagem no placar, a Macaca saiu em busca do empate, pressionou e chegou a acertar o travessão duas vezes. Um dos lances ocorreu nos acréscimos, com defesa incrível de Fábio.

 Cruzeiro: Fábio; Cáceres, Ramon, Eduardo Brock e Matheus Pereira; Adriano (Flávio), Rômulo (Marco Antônio) e Marcinho (Giovanni); Wellington Nem, Claudinho (Bruno José) e Thiago (Marcelo Moreno). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Ponte Preta: Ivan, Felipe Albuquerque (Kevin), Ednei, Cleylton e Marcelo Hermes; André Luiz, Marcos Júnior (Yago) e Fessin; Richard (Iago), Moisés e João Veras. Técnico: Sandro Forner (Gilson Kleina suspenso)

Gol: Bruno José (aos 17'2ºT)
Cartões amarelos: Claudinho, Lucas França (Cruzeiro); Ivan (Ponte Preta)
Motivo: 23ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Local: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas
Data e horário: 11 de setembro de 2021 (sábado), às 11h

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Carlos Henrique Alves de Lima Filho e Gabriel Conti Viana (RJ)
VAR: Adriano Milczvski (PR)

  OUÇA A JORNADA ESPORTIVA  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!!!