Header Ads Widget

Responsive Advertisement

ATLÉTICO VENCE DE GOLEADA ABRINDO UMA BOA VANTAGENS PARA O JOGO DE VOLTA




O Galo começou com tudo a final da Copa do Brasil. Neste domingo, dia 12, em dia de festa para os mais de 50 mil atleticanos presentes ao Mineirão, o Campeão Brasileiro goleou o Athletico-PR por 4 a 0 e abriu grande vantagem na decisão.

A partida de volta acontecerá às 21h30 da próxima quarta-feira, dia 15, na Arena da Baixada.

Os gols alvinegros foram marcados por Vargas (2), Keno e Hulk, artilheiro isolado da competição, com sete gols.

    O JOGO                                       

O Galo foi arrasador no primeiro tempo e não deixou o adversário jogar. O primeiro gol quase saiu aos oito minutos. No lance, o goleiro Santos falhou na saída de bola, Diego Costa tocou para Hulk e o camisa 7 finalizou de cabeça, mas Thiago Heleno salvou quase em cima da linha.

Aos 12 minutos, Diego Costa sentiu desconforto muscular e foi substituído por Vargas. Três minutos depois, em boa oportunidade, Arana invadiu a área pela esquerda e cruzou com muita força.

GOOOOL!!! - Em lance pela direita, aos 20 minutos, Zaracho cruzou e a bola pegou no braço do defensor paranaense, pênalti que Hulk cobrou no canto esquerdo do goleiro para abrir o placar no Gigante da Pampulha: Galo 1 x 0.

GOOOOL!!! - Aos 34, Keno fez grande jogada e marcou um golaço de fora da área, levando à loucura os mais de 50 mil Atleticanos presentes ao Mineirão: Galo 2 x 0.
Aos 43, Everson fez grande defesa na cobrança de falta de Terans.

O Galo voltou para o SEGUNDO TEMPO sem outras alterações e manteve o ritmo da etapa inicial.

GOOOOL!!! - Aos dez minutos, Hulk tomou a bola na saída de bola de Thiago Heleno e chutou cruzado, o goleiro rebateu e Vargas completou para o gol: Galo 3 x 0.

GOOOOL!!! - Nacho Fernández entrou em campo aos 21 minutos, no lugar de Keno. Dois minutos mais tarde, Hulk tabelou com Nacho pela direita, tocou para trás e Vargas marcou o quarto gol atleticano: Galo 4 a 0.

Everson voltou a aparecer bem aos 28 minutos, defendendo o cabeceio de Thiago Heleno. Aos 37, Jair e Allan foram substituídos por Calebe e Tchê Tchê, respectivamente.

Já nos acréscimos, aos 46, Hulk arrancou pela direita e tentou de cobertura, mas concluiu para fora.

   ATLÉTICO 4 x 0 ATHLETICO-PR   

Competição: Copa do Brasil
Etapa: Final (jogo de ida)
Data: 12/12/2021 (domingo)
Gols: Hulk (23' - 1ºT), Keno (34' - 1ºT), Vargas (10' e 21' - 2ºT)
Estádio: Mineirão
Cidade: Belo Horizonte (MG)
Público: 53.181
Renda: R$8.325.723,05

 ATLÉTICO
Everson; Mariano, Igor Rabello, Alonso, Guilherme Arana, Allan (Tchê Tchê), Jair (Calebe), Zaracho, Keno (Nacho Fernández), Hulk e Diego Costa (Vargas). 
Técnico: Cuca.

 ATHLETICO-PR
Santos; Pedro Henrique, Thiago Heleno, Nicolás Hernández (Pedro Rocha), Marcinho, Erick, Léo Cittadini (Fernando Canesin), Abner Vinícius (Nícolas), Nikão, Terans (Jader) e Renato Kayzer (Vinícius Mingotti).
Técnico: Alberto Valentim.

Cartões amarelos: Arana, Hulk e Igor Rabello (Atlético); Pedro Henrique, Thiago Heleno, Nicolás Hernández (Athletico-PR)
Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (FIFA RJ)
Árbitro Assistente 1: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (FIFA RJ)
Árbitro Assistente 2: Fabrício Vilarinho da Silva (FIFA GO)
Quarto Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (AB DF)
Quinto Árbitro: Guilherme Dias Camilo (FIFA MG)
Analista de Campo: Renato Cardoso da Conceição (CBF MG)
Árbitro de Vídeo: Rodrigo Nunes de Sá (VAR-FIFA RJ)
AVAR: Diogo Carvalho Silva (AB RJ)
Observador de VAR: Ednilson Corona (CBF SP)

Postar um comentário

0 Comentários