Carioca fala em ‘obrigação’ e pede para grupo assumir responsabilidade por eliminações - CLUB SPORTS | O SEU CANAL DE ESPORTES


 

Breaking

 ASSISTIR AGORA!

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Carioca fala em ‘obrigação’ e pede para grupo assumir responsabilidade por eliminações



A eliminação na Copa Libertadores agravou o mau momento do Atlético e a queda para o Jorge Wilstermann, no Mineirão, fez o clube rever o objetivo principal da temporada. Nesta quinta-feira, o volante Rafael Carioca evitou encontrar algum culpado e reforçou a fala do presidente Daniel Nepomuceno de que conquistar uma vaga no G6 do Campeonato Brasileiro é ‘obrigação’.

“É hora de todo mundo assumir a responsabilidade, todo mundo buscar crescer no Campeonato Brasileiro, que é o que nos resta, para a gente tentar conseguir ao menos entrar no G6 e o Atlético volte a disputar a Libertadores no ano que vem”, disse.

Na 15ª posição, o Atlético soma 23 pontos, quatro a mais do que o São Paulo, que abre a zona de rebaixamento, e cinco a menos do que o Sport, que fecha o grupo dos times que se classificam para a Copa Libertadores do ano que vem.

Para o camisa 5, os jogadores terão que superar a eliminação na Libertadores para buscar o objetivo que resta em 2017. “A motivação tem que ser em cima das eliminações. A gente não pode aceitar ser eliminado da forma que foi na Copa do Brasil e na Libertadores. Temos que procurar motivação dentro de nós mesmos. Ainda temos um objetivo, sabemos que o título é muito difícil, mas temos o G6 que é obrigação”, ressaltou.

Ao contrário das últimas atuações, Rafael Carioca jogou bem diante do Jorge Wilstermann. O jogador revelou que aprendeu com as críticas da torcida, mas lamentou o fato de o time não acompanhar sua evolução.

“A porrada faz com que você cresça. Eu tenho muita personalidade. O jogador tem que saber lidar com a crítica, tem que querer melhorar. Eu coloquei na cabeça que tinha que melhorar, mas não adianta eu melhorar e a equipe não estar vencendo”, finalizou.