Médicos e servidores da saúde de BH cruzam os braços por 24 horas a partir desta quinta - CLUB SPORTS | O SEU CANAL DE ESPORTES


 

Breaking

 ASSISTIR AGORA!

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Médicos e servidores da saúde de BH cruzam os braços por 24 horas a partir desta quinta


Médicos e servidores da saúde que prestam serviço para a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) iniciaram na manhã desta quinta-feira uma paralisação de 24 horas. Eles reivindicam melhorias na qualidade de trabalho, reajuste salarial, além da volta da guarda durante o dia nas unidades de urgência e dos porteiros nos centros de saúde.

O Sindicato dos Médicos de Minas Gerais (Sinmed – MG) alega que a PBH prometeu reajuste no mesmo índice de crescimento previsto para a receita (em torno de 6%), mas recuou e propôs 2.53%. "A secretária justificou que a proposta está mantida em virtude da falta de recursos financeiros, por parte da gestão", afirma a nota da categoria.

“Em cumprimento à legislação pertinente, serão assegurados os atendimentos aos casos de demanda espontânea de urgência e emergência mediante Protocolo de Classificação de Risco de Manchester dentro da estrutura funcional, de equipamentos e recursos humanos existentes nas unidades”, informa o sindicato.

Duas assembleias estão marcadas para hoje. A primeira será nesta manhã, na Praça da Estação, no Centro de BH, com a participação de todos os servidores. O segundo reunirá os médicos, a partir das 19h, na sede do Sinmed-MG (Av. Do Contorno, 4.999, Bairro Serra).