ATLÉTICO ABRE VANTAGEM NO PRIMEIRO JOGO DA SEMIFINAL CONTRA O AMÉRICA - CLUB SPORTS | O SEU CANAL DE ESPORTES


 

Breaking

 ASSISTIR AGORA!

domingo, 2 de agosto de 2020

ATLÉTICO ABRE VANTAGEM NO PRIMEIRO JOGO DA SEMIFINAL CONTRA O AMÉRICA


O Atlético inverteu a vantagem do América nas semifinais do Campeonato Mineiro. Aproveitando-se de dois erros individuais do Coelho, o Galo venceu por 2 a 1, neste domingo, no Mineirão, no duelo de ida que apontará um dos finalistas do Estadual. O placar encerrou a invencibilidade da equipe alviverde na temporada.

O time alvinegro abriu 2 a 0 no primeiro tempo com Jair, que começou como titular na vaga de Hyoran, e Nathan, que fez o seu terceiro gol em três jogos após a retomada do futebol. Ademir diminuiu para o América no início da etapa final, mas não foi suficiente para o América evitar a primeira derrota em 2020.

Com o resultado, o Atlético jogará pelo empate no jogo de volta para se classificar à final. O duelo está marcado para a próxima quarta-feira (5), às 21h30, no Independência. Já o América precisará vencer por qualquer placar para avançar à decisão do Estadual.

      O JOGO                                        

As duas equipes começaram o clássico com mudanças nas escalações. No Atlético, o técnico Jorge Sampaoli colocou Jair no meio-campo na vaga de Hyoran, que vinha sendo criticado por parte da torcida alvinegra nas últimas partidas. Já no América, Lisca optou pela reestreia de Messias, que voltou de empréstimo do futebol português, e com João Paulo no ataque no lugar de Léo Passos.

Com muito mais posse de bola, o Galo dominou os primeiros minutos do jogo e chegou a registrar 92% do tempo com a redonda nos pés. Porém, o time tinha pouca efetividade no ataque. O Coelho, por sua vez, esperava no campo de defesa e tentava sair no contra-ataque.

Mas foi em um erro do América que o Atlético abriu o placar aos 18 minutos. Após falta cobrada para a área, o goleiro Airton saiu mal e Jair apareceu sozinho e de frente pro gol para só cabecear para as redes.

A partir daí, o América saiu mais da defesa e quase chegou ao empate em um lance muito parecido com o gol do Atlético. Após escanteio, Rafael saltou, mas não achou nada. A bola tocou em Messias e caminhou de leve em direção ao gol, mas Allan chegou para afastar o perigo.

Mesmo com o susto, o Galo continuou imprimindo o mesmo ritmo, com mais posse de bola, e quase ampliou o placar com Keno. O camisa 11 recebeu em velocidade pela esquerda, puxou para o meio e chutou buscando o ângulo, mas a bola passou raspando.

E em mais uma falha individual do América, o Atlético chegou ao segundo gol aos 39 minutos. Ademir perdeu a bola no meio-campo para Guilherme Arana, que avançou em velocidade e tocou para Marrony na área. O atacante alvinegro chutou cruzado e Nathan apareceu do outro lado fechando para só empurrar para as redes. 

O América diminuiu a vantagem do Atlético logo aos quatro minutos da etapa final. O time alviverde recuperou a bola no meio-campo, João Paulo avançou livre pela esquerda e cruzou na medida para Ademir, que chegou de carrinho para completar para o fundo do gol.

Empolgado com o gol, o Coelho quase empatou pouco depois, mas Arana travou o chute de Ademir dentro da área e salvou o Galo, que também teve a chance de ampliar o placar. Hyoran, que havia entrado no lugar de Jair, recebeu na área, mas chutou fraco para a defesa de Airton.

Marrony chegou a balançar as redes para o Atlético de cabeça, mas foi flagrado em impedimento. Em outro lance, o atacante desperdiçou uma grande chance para marcar o terceiro do Galo. O camisa 38 recebeu livre na área e de frente para o goleiro, mas chutou por cima.

Nos 15 minutos finais, Sampaoli e Lisca fizeram muitas substituições. Assim, o jogo ficou mais físico do que técnico e as equipes pouco criaram. Melhor para o Galo que saiu de campo com a vitória e conseguiu inverter a vantagem do Coelho na semifinal do Campeonato Mineiro.

                ATLÉTICO 2 X 1 AMÉRICA           

Atlético: Rafael; Guga (Maílton), Junior Alonso, Réver e Guilherme Arana; Jair (Hyoran), Allan e Nathan; Savarino (Otero), Keno (Marquinhos) e Marrony. Técnico: Jorge Sampaoli

América: Airton; Leandro Silva (Léo Passos), Messias, Eduardo Bauermann e Sávio (Matheusinho); Zé Ricardo (Geovane), Juninho e Alê; Ademir (Diego Ferreira), Felipe Augusto (Vitão) e João Paulo. Técnico: Lisca

Motivo: jogo de ida – semifinais do Campeonato Mineiro
Data: 2 de agosto de 2020, domingo, às 16h
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Gols: Jair (18’/1º), Nathan (39‘/1º), Ademir (4‘/2º)

Cartão Amarelo: Zé Ricardo, Ademir, Geovane, Lisca (América); Jorge Sampaoli, Jair, Guilherme Arana (Atlético)