AMARGO EMPATE EM CASA DIANTE DA CHAPECOENSE INTERROPE SEQUÊNCIA DE VITÓRIAS - CLUB SPORTS | O SEU CANAL DE ESPORTES


 

Breaking

 ASSISTIR AGORA!

terça-feira, 22 de junho de 2021

AMARGO EMPATE EM CASA DIANTE DA CHAPECOENSE INTERROPE SEQUÊNCIA DE VITÓRIAS



O Galo entrou em campo na noite desta segunda-feira (21), no Mineirão, embalado por três vitórias seguidas no Campeonato Brasileiro, mas a sequência positiva foi interrompida pelo empate por 1 a 1 com a Chapecoense. A partida em Belo Horizonte foi válida pela 5ª rodada.

Com o resultado, o Atlético chegou a dez pontos e ficou em 5º lugar na tabela de classificação.
O gol atleticano foi marcado por Tchê Tchê, aos 24 minutos do primeiro tempo, em chute de fora da área. O empate do time catarinense aconteceu 34 minutos, em pênalti cometido por Allan e convertido por Ravanelli.

Na próxima rodada, o adversário será o Ceará, às 19h de quinta-feira (24), no Castelão, em Fortaleza.

    O JOGO                                                                         

O goleiro Everson fez grande defesa logo no primeiro minuto. No lance, ele ficou cara a cara com Fernandinho e conseguiu tomar a bola nos pés do atacante adversário.

O Galo respondeu no cruzamento de Arana pela esquerda e a defesa catarinense quase fez gol contra. O goleiro João Paulo espalmou para frente, a bola pegou em Ignácio e tomou a direção do gol, mas o arqueiro da Chape conseguiu fazer a defesa.

Em novo ataque atleticano, aos nove minutos, Hulk ganhou jogada na força, passou por três marcadores e finalizou por cima do gol. Aos 17, Tchê Tchê sofreu pênalti de Derlan e a arbitragem ignorou a infração.

Dez minutos depois, Hyoran recebeu passe de Hulk na grande área pela direita e concluiu para fora.

Os visitantes voltaram a levar perigo aos 22 minutos, em chute para fora de Anselmo Ramon. Aos 24, Hyoran tocou a bola para o meio e Tchê Tchê acertou belo chute de fora da área para inaugurar o marcador no Gigante da Pampulha: Galo 1 x 0.

A equipe de Santa Catarina levou perigo aos 30 minutos, em cruzamento rasteiro pela direita. Livre de marcação na segunda trave, Ravanelli finalizou e a bola pegou em Anselmo Ramon, que estava em posição de impedimento.

Na última boa chance alvinegra no primeiro tempo, Hyoran cobrou escanteio fechado pela esquerda, aos 37, Hulk desviou de cabeça e a bola pegou no travessão.

O técnico Cuca manteve a equipe para a etapa final. Depois de cruzamento de Arana pela esquerda, Hulk quase ampliou o marcador, mas o goleiro João Paulo fez ótima defesa.

Aos oito minutos, Hulk tabelou com Hyoran na grande área pela esquerda e concluiu para fora. No ataque seguinte, novamente pelo lado esquerdo da grande área, Keno recebeu passe de Hyoran e chutou na rede pelo lado de fora.

O time visitante voltou a ameaçar aos 23 minutos, quando Fernandinho chutou de fora da área e a bola pegou na trave. Logo depois, Jair e Keno foram substituídos por Zaracho e Sasha, respectivamente.
Aos 32, o árbitro assinalou pênalti de Allan em Fernandinho e Ravanelli cobrou para empatar o jogo: 1 x 1.

Cuca fez, então, outras duas mudanças: Tchê Tchê deixou o campo para a entrada de Calebe e Hyoran deu lugar a Echaporã.

Hulk foi derrubado por Ignácio na grande área, aos 41, mas a arbitragem nada marcou. Aos 44, o atacante atleticano sofreu falta na entrada da área e o árbitro considerou a jogada normal.

Aos 45, Mariano entrou no lugar de Guga. Hulk teve uma última chance após passar por dois adversários e, de perna direita, concluir para fora.

FICHA TÉCNICA

                    ATLÉTICO 1 x 1 CHAPECOENSE                

Competição: Campeonato Brasileiro
Rodada: 5
Data: 21/06/2021 (segunda-feira)
Gol: Tchê Tchê (24' - 1ºT), Ravanelli (34' - 2ºT)

Estádio: Mineirão
Cidade: Belo Horizonte (MG)

Atlético
Everson; Guga (Mariano), Réver, Gabriel, Guilherme Arana, Allan, Jair (Zaracho), Tchê Tchê (Calebe), Hyoran (Echaporã), Keno (Eduardo Sasha) e Hulk.
Técnico: Cuca.

Chapecoense
João Paulo; Matheus Ribeiro, Felipe Santana, Ignácio, Derlan, Anderson Leite, Guedes (Bruno Silva), Ravanelli, Lima, Fernandinho (Ezequiel) e Anselmo Ramon (Perotti).
Técnico: Jair Ventura.

Árbitro: Rodolpho Toski Marques FIFA PR
Árbitro Assistente 1: Rafael Trombeta AB PR
Árbitro Assistente 2: Victor Hugo Imazu dos Santos AB PR

Quarto Árbitro: Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira AB MG
Analista de Campo: Marcio Eustáquio Sousa Santiago CBF MG
Árbitro de Vídeo: Rodrigo Carvalhaes de Miranda AB RJ

AVAR: Daniel do Espirito Santo Parro AB RJ
Observador de VAR: Anderson Carlos Gonçalves CBF PR