Header Ads Widget

Responsive Advertisement

Após drama na carreira, Judivan conquista vitória pessoal

O sorriso estampado no rosto e a bola nos pés são mais do que uma vitória. Mais do que uma redenção. Talvez não haja um termo adequado para ilustrar a alegria de Judivan. Nesta quarta-feira, o jovem atacante formado na base celeste alcançou uma conquista pessoal: pisou no gramado do campo 4 da Toca II, calçando chuteiras, e treinou.

O drama começou em junho de 2015, quando o atleta sofreu uma gravíssima lesão no joelho esquerdo, defendendo a camisa da seleção brasileira no Mundial Sub-20. De lá para cá, não disputou sequer uma partida oficial, tendo que se submeter a várias cirurgias.

Só que agora as coisas parecem ser diferentes. A esperança voltou a fazer parte do cotidiano do jogador, uma das principais promessas do clube celeste dos últimos anos.

Nesta quarta, acompanhado de fisioterapeutas, ele fez atividades físicas e até trocou alguns passes e embaixadinhas com o zagueiro Dedé e o goleiro Fábio, dois atletas que se recuperam de lesões no joelho direito.

Ainda não há previsão de retorno de Judivan aos jogos oficiais. No entanto, se tudo evoluir da maneira como o departamento médico anseia, a volta do atacante deve acontecer até meados desta temporada, ou seja, dois anos depois de quando rompeu os ligamentos do joelho.

Judivan tem 21 anos e fez parte do elenco campeão brasileiro de 2014. Em sua trajetória no time profissional da Raposa, disputou 20 partidas e marcou dois gols.

Treino. Os demais integrantes do plantel cruzeirense fizeram atividades físicas e técnicas no campo 3 da Toca II.



Postar um comentário

0 Comentários