'Perdi meu filho para um jogo', diz mãe de jovem que teria se matado por causa de game virtual - CLUB SPORTS | O SEU CANAL DE ESPORTES

Breaking

quinta-feira, 13 de abril de 2017

'Perdi meu filho para um jogo', diz mãe de jovem que teria se matado por causa de game virtual


“Perdi meu filho para um jogo. Não quero que mais mãe nenhuma passe por isso”. A frase é de Maria de Fátima Santos, mãe do pedreiro Gabriel Antônio dos Santos, de 19 anos, encontrado morto nessa quarta-feira, em Pará de Minas, na Região Central de Minas Gerais. Gabriel, que tem uma filha de 1 mês, morreu após ingerir 80 cápsulas de um comprimido controlado para dormir. O motivo? Uma das etapas de um jogo conhecido como Baleia Azul (“Blue Whale”).

Criado na Rússia, onde teria provocado a morte de 130 pessoas, o jogo macabro chegou ao Brasil. Na Europa, o “Blue Whale” deixa pais de adolescentes e crianças em alerta total. Investigado pela Polícia Civil, o caso de Pará de Minas deixa pais e autoridades preocupados. “Falei com ele: ô Gabriel, sai desse jogo. Isso é coisa demoníaca, porque uma pessoa para fazer um jogo desse ela fez um pacto e vai colhendo alma pelo mundo afora. Parece que ele não me ouviu”, lamenta a mãe. 

O Baleia Azul funciona em grupos fechados na internet. Após ser aceito, o jogador recebe do seu tutor virtual uma série de desafios a serem cumpridos, sendo que o último deles é tirar a própria vida. Outras tarefas incluem tatuar a figura de uma baleia com uma faca e passar um dia inteiro sem dormir assistindo filmes de terror. “Ela já tinha feito a (etapa) do filme, a do corte, porque ele falou que fez com gilete, a da foto...", relata a mãe.“Ele não aguentou a pressão do jogo”,

Facebook

No Brasil há pelo menos 13 grupos fechados do Baleiz Azul no Facebook, com mais de 59 mil pessoas. Porém, a maioria dos internautas brasileiros transformou o desafio fatal em zoeira e inundou a web com memes debochando do jogo. Até uma versão do bem foi criada para incentivar o amor próprio dos adolescentes. No entanto, nem todos encaram como brincadeira. 

Em Mato Grosso, a polícia investiga se a morte de uma adolescente de 16 anos está relacionada com o jogo. A jovem pulou em uma represa de grande profundidade para cumprir o desafio final do game mortal. 

Na internet, há vários alertas sobre o jogo mortal e explicações de como ele funciona. Veja como são as etapas do Baleia Azul: 

1- Assistir filmes de terror e psicodélicos de madrugada, mas não é qualquer filme, o curador do jogo que indicará qual será, ele fará perguntas sobre as cenas, para saber se realmente você assistiu ao filme. 

2- Cortar o braço com uma lâmina, “3 cortes grandes” mas é preciso ser sobre as veias e o corte não precisa ser muito profundo, envie a foto para o curador, e seguirá para o próximo nível.

3- Desenhar uma baleia azul e enviar a foto para o curador comprovando tarefa.

4- Acordar 4h20 da manhã e subir em um telhado, quanto mais alto melhor.

5- Se você estiver pronto para se tornar uma baleia escreva “SIM” em sua perna. Se não, corte-se muitas vezes “Castigue-se”.

6- Encontrar outra baleia azul, “outro participante”, o curador indicará na oportunidade.

7- Ouvir as músicas que os “curadores” enviar a você.

8- Procurar um telhado mais alto, e fique na borda por algum tempo.

9- Subir em uma ponte e sentar-se na borda por algum tempo.

10- Pendure-se novamente em um telhado alto, e apoie-se na borda com as pernas penduradas.

11- Não falar com ninguém o dia todo.

12- Fazer um voto de que você é realmente uma Baleia Azul

Nenhum comentário:

Postar um comentário