Brasileirão é aberto com o pé direito: Atlético e Flamengo empatam em jogaço no Maracanã - CLUB SPORTS | O SEU CANAL DE ESPORTES

Breaking

sábado, 13 de maio de 2017

Brasileirão é aberto com o pé direito: Atlético e Flamengo empatam em jogaço no Maracanã



O resultado pode não ter agradado às duas torcidas, mas quem gosta de futebol e teve a sorte de ver a abertura do Campeonato Brasileiro, entre Atlético e Flamengo, enche-se de otimismo para o restante da temporada no futebol nacional. As duas equipes empataram em 1 a 1 na tarde deste sábado, no Maracanã, onde o placar poderia ter sido outro, favorável aos mineiros, ou aos cariocas, e até mesmo um empate com muito mais gols. Chances não faltaram.

O Urubu abriu o placar aos 23 minutos do primeiro tempo, com Matheus Sávio, em cruzamento da esquerda que ninguém desviou. O Galo era melhor, mas não havia criado uma chance, sequer. Na etapa final, o Atlético voltou entusiasmado a mudar a história do jogo, e conseguiu aos 13, com Elias mandando para a rede.

O duelo seguiu quente, com domínio dos alvinegros, mas respostas perigosas dos rubro-negros. Por quatro vezes jogadores de linha fizeram-se de goleiros e salvaram suas equipes em valiosas defesas com os pés e cabeça. Em duas, Rafael Vaz cortou em cima da linha chutes de Cazares. Fábio Santos e Gabriel tiveram a mesma felicidade e impediram que a bola entrasse em favor do adversário.

O Galo disputará duas partidas seguidas em casa. Na terça-feira (16), a equipe alvinegra enfrenta o Godoy Cruz, às 21h, no Independência, pela última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores – o time já está classificado para as oitavas de final. Já pelo Brasileirão, o Atlético enfrenta o Fluminense no domingo (21), às 16h, também no Horto.

Flamengo sai na frente

As duas equipes demonstraram, desde o início, que buscariam o ataque, mas sem se expor totalmente. O ataque era um objetivo, mas Atlético e Flamengo esperavam o momento certo, já que as defesas se posicionavam bem na saída de bola adversária, o que dificultava o avanço em território contrário. O Galo era superior, mas não conseguia incomodar o goleiro Alex Muralha.

O Flamengo também não chegava ao gol alvinegro, até que, aos 23 minutos, Matheus Sávio cruzou da esquerda, Guerrero tentou desviar, não conseguiu, mas a bola ganhou a rede atleticana.

Os visitantes seguiam melhor, mas sem criar chances claras. Um bom lance ocorreu aos 35 minutos, em falta cobrada por Otero. A bola, cheia de curva, quase pegou Muralha de surpresa, mas o arqueiro fez boa defesa. Aos 43, Guerrero teve a oportunidade de ampliar, mas, sozinho, dentro da área, girou e mandou à esquerda.

Galo volta mais ofensivo

No intervalo, o técnico Roger trocou Otero por Cazares, que deu um novo gás ao time. O Atlético ficou mais ofensivo e encurralou o Flamengo no campo de defesa. No primeiro minuto, o equatoriano deu uma caneta em Pará e chutou na saída do goleiro adversário, mas o zagueiro Rafael Vaz tirou em cima da linha.

O Flamengo respondeu aos 3, em chute de Everton salvo por Victor. Mas o Atlético insistia em pressionar e, aos 9, quase um replay de um lance anterior. Cazares bateu, a bola já havia passadopor Muralha, mas Rafael Vaz, em frente à risca fatal, afastou. De tanto martelar, o time alvinegro acertou. O volante-artilheiro Elias recebeu de Fred dentro da área e mandou no ângulo esquerdo.

Com amplo domínio no jogo, os alvinegros quase viraram aos 28, quando faltaram alguns centímetros para Fred desviar com os pés, para a rede, um cruzamento de Cazares. Mas os flamenguistas resistiam no jogo. Aos 32, foi a vez de Fábio Santos tirar em cima da linha uma finalização dos mandantes. Depois, o “Anjo” Gabriel foi quem afastou, com o bico da chuteira, uma bola a um palmo de entrar, com Victor já batido.

Os cariocas conseguiram uma boa oportunidade aos 44, em cabeçada de Guerrero por cima. Enderson, dois minutos depois, pegou de primeira dentro da área e quase surpreendeu o goleiro atleticano. O Galo quase conseguiu a virada aos 47, em chute de Cazares por cima, mas que passou perto.

Flamengo x Atlético

Flamengo: Alex Muralha; Pará, Rafael Vaz, Rever e Trauco (Enderson); Márcio Araújo, Willian Arão e Matheus Sávio (Renê); Berrío (Vinícius Júnior), Paolo Guerrero e Everton. Técnico: Zé Ricardo

Atlético: Victor; Carlos César, Felipe Santana, Gabriel e Fábio Santos; Adilson, Rafael Carioca, Elias e Otero (Cazares); Robinho (Maicosuel) e Fred (Rafael Moura). Técnico: Roger Machado

Gols: Matheus Sávio (23’/1ºT), Elias (13’/2º)
Cartões amarelos: Trauco e Everton (Flamengo) Fábio Santos e Rafael Carioca (Atlético)

Motivo: 1ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 13 de maio de 2017, sábado, às 16h
Local: Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Jailson Macedo Freitas (CBF-BA)
Auxiliares: Alessandro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (CBF-BA)

Público presente: 50.220 torcedores
Público pagante: 42.575 torcedores
Renda: R$ 1.874.265

Nenhum comentário:

Postar um comentário