Header Ads Widget

Responsive Advertisement

Robinho perde pênalti, Pedro Rocha volta a ser algoz, e Grêmio vence Atlético-MG com reservas


O Grêmio segue sua perseguição ao líder Corinthians. Neste domingo, o técnico Renato Gaúcho poupou a maioria de seus titulares de olho na Copa Libertadores, mas foi suficiente para vencer um Atlético-MG também reserva, por 2 a 0, na Arena e restabelecer a distância para o primeiro lugar em oito pontos.

Um dos poucos titulares tricolores a iniciar a partida, Pedro Rocha, autor de dois gols na final da Copa do Brasil do ano passado, voltou a ser algoz dos mineiros e abriu caminho para o triunfo, logo aos quatro minutos de jogo. Fernandinho, também no primeiro tempo, aos 26, completou o resultado.

Um dos poucos titulares tricolores a iniciar a partida, Pedro Rocha, autor de dois gols na final da Copa do Brasil do ano passado, voltou a ser algoz dos mineiros e abriu caminho para o triunfo, logo aos quatro minutos de jogo. Fernandinho, também no primeiro tempo, aos 26, completou o resultado.

O Atlético, que entrou em campo apenas com Victor da equipe considerada titular, até esboçou um bom início, mas levou um balde de água fria logo, quando Alex Silva falhou no meio de campo e ajudou o Grêmio a armar um contra-ataque exemplar que resultaria no primeiro tento de Pedro Rocha.

Foi a terceira derrota dos mineiros sob o comando de Rogério Micale, que estreou caindo diante do Botafogo na Copa do Brasil e perdeu também para o Corinthians. A única vitória foi sobre o Coritiba. No total, são apenas dois triunfos nos últimos dez jogos, com sete revezes e um empate. 

Já para o Grêmio, a vitória faz com que o time se mantenha à espera de um tropeço do Corinthians para se aproximar. Ao final do primeiro turno, a distância para o primeiro lugar é de oito pontos, 39 a 47. O Atlético, por sua vez, segue estacionado em 23, apenas na 14ª posição, duas acima do Z-4.

Atlético falha, Grêmio aproveita

A primeira chance de gol na Arena foi do Atlético, em cobrança de falta de Valdívia, que exigiu a primeira defesa do goleiro Paulo Victor com a camisa do Grêmio. O problema é que, logo no lance seguinte, os donos da casa foram mortais no contra-ataque e desestruturam os visitantes.

Em desvantagem, o Atlético mostrou problemas de organização e as mesmas dificuldades para criar no ataque. O Grêmio, por outro lado, mesmo com apenas três titulares (Arthur, Luan e Pedro Rocha), mostrou a consistência que tem caracterizado sua campanha e chegou ao segundo tento.

Na etapa complementar, Micale tentou mudar o panorama da partida com a entrada de Robinho, mas raras foram as chances de diminuir o marcador. O Grêmio, satisfeito com o resultado, ainda quase fez o terceiro, novamente com Pedro Rocha, mas Victor apareceu bem e ainda contou com a trave.

Já no fim, aos 44, enfim, o Atlético teve chance de ouro para fazer o "gol de honra", em pênalti cometido por Bruno Rodrigo em Bremer. Robinho, contudo, bateu muito mal, no meio do gol, e Paulo Victor, o estreante da tarde, defendeu, para o delírio dos presentes na Arena.

O que vem por ai

Na rodada seguinte do Brasileiro, a 20ª e primeira do segundo turno, o Grêmio visita o Botafogo, no próximo domingo, às 19h (de Brasília), enquanto o Atlético joga no Mineirão contra o Flamengo, no mesmo dia, em confronto de dois favoritos ao título antes do início do torneio em fases complicadas. 

Antes, porém, tanto gaúchos, quanto mineiros decidem sua vida na Copa Libertadores no meio de semana. Na quarta, o Grêmio recebe o Godoy Cruz-ARG, às 19h15, depois de ter vencido a ida por 1 a 0; enquanto o Atlético precisa reverter, em casa, a derrota por 1 a 0 para o Jorge Wilstermann-BOL.

Ficha Técnica

GRÊMIO 2 X 0 ATLÉTICO-MG

Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS)
Data: 06 de agosto de 2017, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli (SP) e Daniel Luis Marques (SP)
Público: 24.866 (22.702 pagantes)
Renda: R$ 794.283,00
Cartões Amarelos: Maicon, Arthur, Paulo Victor (Grêmio), Bremer (Atlético-MG)
Gols: GRÊMIO: Pedro Rocha, aos 4, e Fernandinho, aos 26, minutos do primeiro tempo

GRÊMIO: Paulo Victor; Léo Moura, Bressan, Bruno Rodrigo, Marcelo Oliveira; Maicon (Jailson), Arthur, Fernandinho, Luan, Pedro Rocha (Lincoln); Everton (Patrick)
Técnico: Renato Portaluppi

ATLÉTICO-MG: Victor; Alex Silva, Matheus Mancini, Bremer, Leonan; Adilson (Marlone), Roger Bernardo, Yago, Valdivia (Pablo), Otero; Elder (Robinho)
Técnico: Rogério Micale.