Header Ads Widget

Responsive Advertisement

CUCA FALA SOBRE ESTILO OFENSIVO, SITA SEMELHANÇAS COM SAMPAOLI



Cuca deu início à segunda passagem pelo Atlético nesta terça-feira (16). O técnico comandou os treinos na Cidade do Galo e, em seguida, falou pela primeira vez na coletiva de apresentação, conduzida pelo presidente Sérgio Coelho, diretor de futebol Rodrigo Caetano e o gerente de futebol Victor.

“Depois de 7 anos eu volto”, anuncia Cuca. “Sei da responsabilidade que eu tenho aqui. Assim como sabia da outra vez quando fizemos um 2011 de recuperação, um 2012 muito bom e um 2013 brilhante. Hoje as condições são até melhores do que eram naqueles anos”, destacou.

Conforme o treinador, as melhores condições se devem ao fato de o Galo já ter um “elenco muito bem formado”, ao contrário da primeira passagem, quando foi feita uma remontagem do elenco. “Temos ambição de vencer. Temos que nos preparar da melhor forma possível para o ano duro que vai ser. Tomara que a gente consiga ter êxito em todas as competições”.

A apresentação do técnico acontece 11 dias após o anúncio da contratação. A demora se deu devido à situação da mãe do treinador, que está internada com complicações da covid-19 em Curitiba. [Aceitar o convite] não foi uma decisão fácil por causa do momento de saúde da minha mãe. Muitas coisas passam na cabeça da gente”, destaca.

Sampaoli

Cuca sucede o trabalho de Jorge Sampaoli, que rescindiu ao término do Brasileiro com o Galo para acertar com o Olympique de Marseille, da França. Para Cuca, o argentino deixa uma “espinha dorsal” no Atlético e uma “consistência de trabalho” que será aproveitada.

“Cada um tem uma maneira de jogar. Eu gosto muito da maneira que ele atua. É um treinador que quando joga contra você tem muita dificuldade porque ele varia muito. Também gosto muito [de variar]”, destacou.

“Eu tenho meu estilo de jogo. Sempre tento por a equipe o mais à frente possível com organização. O Sampaoli também é assim. Mas cada um tem uma maneira tática de jogar. Ele tem diversas maneiras. Eu gosto também muito do plano tático. Temos um time recheado de bons jogadores. O desafio é extrair o máximo de cada jogadores”, completou.