Header Ads Widget

Responsive Advertisement

EM CASA O ATLÉTICO VENCE O PATROCINENSE PELO CAMPEONATO MINEIRO



Com três gols de cabeça, o Galo venceu o Patrocinense por 3 a 0 e permaneceu na liderança isolada do Campeonato Mineiro. A partida foi disputada neste domingo (6/2) e marcou a estreia alvinegra no Mineirão na temporada 2022.
Com o triunfo no Gigante da Pampulha, pela 4ª rodada, o Atlético chegou a dez pontos, no topo da tabela de classificação do Estadual.

Hulk abriu o placar aos 47 minutos do primeiro tempo e ampliou aos 15 da etapa final. Em seguida, aos 36, o estreante Godín fechou o placar.

Na próxima rodada, o adversário será a URT, quarta-feira (9/2), às 21h30, no estádio Zama Maciel, em Patos de Minas.

   O JOGO                            

O Galo dominou a partida durante os 90 minutos, mas foi a equipe visitante que ameaçou primeiro no chute de Reis, defendido por Everson.

A resposta alvinegra veio aos oito minutos, quando Zaracho recebeu excelente passe de Nacho na grande área e finalizou para fora. No ataque seguinte, após cobrança de escanteio, Jair desviou de cabeça e a bola saiu rente à trave.

Aos 18 minutos, Zaracho cruzou pela esquerda e, dentro da área, a bola pegou no braço do defensor do Patrocinense, pênalti claro não marcado pela arbitragem. Aos 32, Arana levou perigo em arremate de fora da área, à esquerda do gol.

Em lance pela direita, aos 35, Savarino foi à linha de fundo, fez o cruzamento e a bola atravessou a grande área. Aos 45, Zaracho cruzou com perigo pela direita e a defesa do Patrocinense conseguiu cortar a jogada.

GOOOOL! - Aos 48 minutos, Nacho cobrou escanteio pela direita e, após desvio do zagueiro, Hulk cabeceou para o gol: Galo 1 x 0.
A equipe voltou para o SEGUNDO TEMPO com duas alterações: Ademir no lugar de Zaracho e o estrenate Godín na vaga de Réver.

Aos nove minutos, Ademir arriscou de fora da área e exigiu boa defesa do goleiro Jacsson. Dois minutos mais tarde, Savarino recebeu passe na grande área e a bola pegou na mão do jogador do Patrocinense, mas a arbitragem nada marcou.

GOOOOL! - Hulk fez mais um de cabeça, aos 15 minutos, completando cruzamento de Nacho Fernández pela direita: Galo 2 x 0.
Allan foi substituído por Fábio Gomes, aos 17 minutos. Aos 25, foi a vez de Savarino deixar o campo para a entrada de Dylan Borrero.

GOOOOL! - Aos 34 minutos, Mariano cruzou pela direita e Diego Godín, de cabeça marcou o terceiro gol atleticano: Galo 3 x 0.
Dylan foi à linha de fundo pela esquerda, aos 36, mas o cruzamento desviou no zagueiro. Aos 40, Eduardo Sasha entrou no lugar de Hulk.

Aos 42, Arana recebeu bom passe de Dylan na grande área pela esquerda e cruzou para Ademir completar para o gol, mas o atacante estava em posição irregular, assinalada pela arbitragem.

    ATLÉTICO 3 x 0 PATROCINENSE    

Competição: Campeonato mineiro
Rodada: 4ª
Data: 06/02/2022 (domingo)
Gols: Hulk (48' - 1ºT)(15' - 2ºT), Diego Godín (34' - 2ºT)
Estádio: Mineirão
Cidade: Belo Horizonte (MG)

 ATLÉTICO
Everson; Mariano, Nathan Silva, Réver (Diego Godín), Guilherme Arana, Allan (Fábio Gomes), Jair, Zaracho (Ademir), Nacho Fernández, Savarino (Dylan Borrero) e Hulk (Eduardo Sasha).
Técnico: Antonio Mohamed.

 PATROCINENSE 
Jacsson; Júlio César, Alisson Brand (Jeferson), João Gabriel (Matheus Santos), Samuel Toscas, Michel Elói, Zé Augusto, Magno (Léo Costa), Wellington, Reis (Luiz Thiago) e Caio Ribeiro (Aslen).
Técnico: Gustavo Brancão.
Cartões amarelos: (Atlético); Júlio César, Léo Costa (Patrocinense)

Árbitro: Igor Junio Benevenuto de Oliveira
Árbitro Assistente 1: Guilherme dias Camilo
Árbitra Assistente 2: Fernanda Nandrea Gomes Antunes
4º Árbitro: Alexander Medeiros Xavier
Inspetor: Joel Tolentino Damata Júnior

Postar um comentário

0 Comentários