Cruzeiro pressiona, mas fica no empate com Santos, no Mineirão, e vê ameaçada a vaga no G6 - CLUB SPORTS | O SEU CANAL DE ESPORTES


 

Breaking

 ASSISTIR AGORA!

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Cruzeiro pressiona, mas fica no empate com Santos, no Mineirão, e vê ameaçada a vaga no G6



O Cruzeiro lutou bastante para conseguir a vitória sobre o Santos, mas ficou no empate por 1 a 1, neste domingo, no Mineirão, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após sair atrás no placar no primeiro tempo - Bruno Henrique marcou para os paulistas aos 21 minutos -, o time celeste mudou da água para o vinho na etapa final e buscou a igualdade aos 10 minutos, com Rafinha. A Raposa ainda criou mais chances para virar, mas parou no goleiro Vanderlei e na defesa do Peixe.

O resultado foi ruim para o Cruzeiro, que pode perder a vaga no G6 no complemento da rodada. Com o empate, a Raposa foi a 31 pontos e se manteve na sexta posição, mas poderá ser ultrapassada pelo Sport, que tem 29, e enfrenta o Grêmio, no dia 2 de setembro, em Porto Alegre.

Agora, o Cruzeiro dá uma pausa no Campeonato Brasileiro. É a vez da esquecida Copa da Primeira Liga, que entra na fase quartas de final. Na próxima quarta-feira, às 21h45, a equipe celeste enfrenta o Grêmio, no Mineirão, na reedição do confronto recente pela Copa do Brasil, em que a Raposa levou a melhor. Como se trata de jogo único, quem vencer avança às semifinais do torneio interestadual.

Pelo Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro volta a campo somente no dia 10 de setembro, diante da Chapecoense, na Arena Condá. Isso porque o calendário nacional dará uma pausa devido à disputa de duas rodadas das Eliminatórias da Copa do Mundo.

O jogo

Apesar de jogar fora de casa, o Santos foi para cima do Cruzeiro no início da partida. O time celeste encontrou bastante dificuldade na armação das jogadas e viu a equipe visitante criar as principais chances na etapa inicial.

O primeiro gol saiu aos 23 minutos. Lucas Limas lançou para Copete nas costas de Murilo, na entrada da área pelo lado direito. Ele foi à linha de fundo e cruzou na cabeça de Bruno Henrique, que escorou para as redes.

O Cruzeiro seguia com dificuldade de criar e só teve uma boa oportunidade, em chute de fora da área de Thiago Neves, que Vanderlei defendeu. O Santos poderia ainda ter ampliado. Aos 42, Ricardo Oliveira recebeu no alto e tocou de cabeça para Bruno Henrique que, livre, chutou por cima do gol de Fábio.

A Raposa voltou mais ligada no segundo tempo. Logo no início, Ezequiel recebeu na entrada da área e bateu com perigo. Pouco depois, aos 10, Lucas Silva acertou belo lançamento para Rafinha, que se esticou todo e desviou de carrinho, de primeira, para as redes.

A pressão do Cruzeiro continuou e a virada não veio por pouco aos 24. Rafinha chegou a driblar Vanderlei, mas quis dar um toquinho por cima para as redes quando podia ter finalizado com força para marcar. Lucas Veríssimo, assim, teve tempo de aparecer na recuperação e, de cabeça, mandou para escanteio e evitou o gol a um passo da linha da meta.

Cruzeiro 1 x 1 Santos

Cruzeiro: Fábio; Ezequiel, Digão, Murilo e Diogo Barbosa; Lucas Silva (Nonoca), Hudson e Thiago Neves (Arrascaeta); Rafinha (Elber), Rafael Sobis e Sassá. Técnico: Mano Menezes

Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca; Alison, Renato (Léo Cittadini) e Lucas Lima; Copete (Nilmar), Bruno Henrique e Ricardo Oliveira (Kayke). Técnico: Levir Culpi

Local: Mineirão – Belo Horizonte (MG)
Data: 27 de agosto de 2018 – domingo - 19 horas
Motivo: 22ª rodada do Campeonato Brasileiro 

Gols: Bruno Henrique (21’/1º), Rafinha (10’/2º)

Cartão Amarelo: Lucas Veríssimo, David Braz (Santos)

Árbitro: Anderson Daronco - RS (FIFA)
Assistentes: Rafael da Silva Alves - RS (CBF) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior - RS (CBF)

Público: 12.055 presentes / 11.028 pagantes
Renda: R$ 171.127,00