No Japão, técnico quer que Chapecoense 'represente os que não puderam estar aqui' - CLUB SPORTS | O SEU CANAL DE ESPORTES


 

Breaking

 ASSISTIR AGORA!

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

No Japão, técnico quer que Chapecoense 'represente os que não puderam estar aqui'

Na véspera da decisão da Copa Suruga, o técnico Vinícius Eutrópio falou sobre a expectativa da Chapecoense para mais uma decisão internacional. Contra o Urawa Red Diamonds, nesta terça-feira, em Saitama, no Japão, o comandante pediu que seus jogadores entrem em campo pensando nas vítimas do acidente aéreo do ano passado, que matou boa parte do elenco na Colômbia.

“Nós temos que representar bem os que não puderam estar aqui. Isso aumenta o nosso desafio, porque ainda somos uma equipe jovem, jogando contra uma equipe que já está mais madura, mas também nos dá mais força para que possamos representar bem o Brasil”, declarou Eutrópio.

A competição disputada anualmente coloca frente a frente os campeões da Copa Sul-Americana e da Copa da Liga Japonesa. A Chapecoense entra depois de ter sido proclamada campeã continental no fim do ano passado. Na ocasião, perdeu quase todo seu elenco no trágico acidente quando viajava a Medellín para o primeiro jogo da decisão, contra o Atlético Nacional, em novembro.

De lá para cá, a Chapecoense conquistou o Campeonato Catarinense mas caiu na Libertadores e vive situação incômoda no Brasileirão, dentro da zona de rebaixamento, com apenas 22 pontos em 19 partidas - uma a menos que o restante dos clubes. Neste cenário, o técnico Vágner Mancini foi demitido para dar lugar justamente a Eutrópio, que já viu crescimento no time nos últimos jogos.

“Meu trabalho está há apenas 30 dias na equipe da Chapecoense, mas eu confio muito nos nossos jogadores pra que a gente possa fazer uma boa partida, conquistar o título e trazê-lo para o Brasil”, disse o treinador.

Nesta segunda-feira, a Chapecoense realizou seu último treinamento para a decisão no estádio da partida, o Saitama 2002. Eutrópio comandou um trabalho tático em campo reduzido, um dia antes de encarar o Urawa Red Diamonds, nesta terça-feira, às 7 horas (de Brasília).