Após primeiro tempo muito ruim, Atlético acorda no segundo e busca empate contra o Vasco - CLUB SPORTS | O SEU CANAL DE ESPORTES


 

Breaking

 ASSISTIR AGORA!

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Após primeiro tempo muito ruim, Atlético acorda no segundo e busca empate contra o Vasco


O Atlético fez um jogo de dois tempos muito distintos diante do Vasco, nesta quarta-feira, em São Januário, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Se na primeira etapa o time de Oswaldo de Oliveira foi engolido pelo rival, na segunda o alvinegro cresceu de produção, buscou o empate e por pouco não voltou para Belo Horizonte com os três pontos. No fim das contas, o 1 a 1 acabou sendo justo. Andrés Rios e Fred anotaram os gols no Rio de Janeiro. 

O resultado, no entanto, acabou sendo ruim para as pretensões do alvinegro, que não conseguiu reduzir a distância para os cariocas, rivais diretos na briga por uma vaga na Copa Libertadores do ano que vem. Enquanto o Galo ocupa o nono lugar, com 47 pontos, o Vasco é o oitavo, com 50. 

Após dois jogos como visitante – Bahia e Vasco –, o Atlético reencontra seu torcedor neste domingo, na partida contra o Coritiba, no Independência. Já o time cruzmaltino encara o Atlético-PR, na Arena da Baixada. 

  • O JOGO

Precisando da vitória para seguir vivo na briga por uma vaga na Libertadores, o Galo começou animado e quase abriu o placar aos dois minutos. Marcos Rocha fez lindo lançamento para Robinho na esquerda, que avançou e rolou para Fred. O camisa 9 finalizou bem, exigindo ótima defesa de Gabriel. 

O Vasco não deixou barato e começou a tomar as rédeas do jogo. Aos 4, Nenê avançou pela esquerda e cruzou buscando Yago Pikachu, mas Fábio Santos apareceu no momento exato e mandou pela linha de fundo. 

Aos 12, Nenê tocou para Evander, que chutou da entrada da área. Victor defendeu. O Vasco continuava em cima e foi premiado aos 25. Após cobrança de escanteio, Andrés Rios subiu entre Leonardo Silva e Fábio Santos e fuzilou Victor, abrindo o placar. 

Mesmo sem merecer, o Atlético quase empatou aos 31. Valdívia cobrou escanteio pela esquerda na cabeça de Leo Silva, que ganhou da marcação e testou firme. A bola beijou o travessão vascaíno e saiu. 

Aos 41, nova bola na trave, dessa vez dos donos da casa. Andrés Rios ganhou de Bremer e encontrou Paulinho na área. A jovem revelação dominou bem e bateu colocado, mas a finalização acertou a trave esquerda de Victor. 

O segundo tempo começou com tudo. Logo no primeiro minuto, Nenê cobrou escanteio na medida para Madson, que cabeceou no contrapé de Victor. O goleiro ficou só olhando a bola, que passou triscando o poste esquerdo. 

Aos cinco, Fred cobrou lateral para Otero, que dominou e acertou um foguete no meio do gol. A bola passou pelo goleiro Gabriel, mas acabou explodindo no travessão. 

Dois minutos depois veio o empate. Valdívia carregou na entrada da área e tocou para Leo Silva, que deu uma de garçom e encontrou Fred livre na direita. O centroavante dominou e bateu cruzado, sem chances para Gabriel. 

A virada quase veio aos 12. Otero recebeu de Adílson, foi à linha de fundo e cruzou na cabeça de Fred, que, sem marcação, testou por cima do gol. 

O Vasco cresceu de produção depois dos 20 minutos. Wagner, Caio Monteiro e Andrés Rios tiveram três ótimas oportunidades, mas em todas elas Victor apareceu de forma sensacional e salvou o Galo. 

  • VASCO  1 X 1  ATLÉTICO

Motivo: 35ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (CBF/SP)
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli (CBF/SP) e Daniel Luis Marques (CBF/SP)
Gols: Andrés Rios, aos 25 min do 1ºT, Fred, aos 7 min do 2ºT
Vasco: Gabriel; Madson (Gilberto), Breno, Paulão e Henrique; Evander (Caio Monteiro), Yago Pikachu (Wagner), Wellington, Paulinho e Nenê; Andrés Rios. Técnico: Zé Ricardo
Atlético: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Bremer e Fábio Santos; Adilson (Yago), Elias, Otero (Gustavo Blanco) e Valdívia (Roger Bernardo); Robinho e Fred. Técnico: Oswaldo de Oliveira