Clube árabe aumenta proposta e alcança US$ 10 milhões, mas Thiago Neves decide ficar - CLUB SPORTS | O SEU CANAL DE ESPORTES


 

Breaking

 ASSISTIR AGORA!

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Clube árabe aumenta proposta e alcança US$ 10 milhões, mas Thiago Neves decide ficar


Após o ‘dia do fico’ na última quarta-feira, o meia Thiago Neves decretou pela segunda vez a permanência no Cruzeiro nesta sexta. O Al-Hilal, da Arábia Saudita, aumentou a proposta pelo armador para 10 milhões de dólares, atingindo o valor estipulado pelo jogador em contrato com a Raposa para deixar a Toca. No entanto, o desejo do camisa 30 em ficar pesou na decisão.

O vice-presidente de futebol do Cruzeiro, Itair Machado, explicou a situação e garantiu que não houve aumento salarial para Thiago Neves permanecer.

“O time da Arábia (Al-Hilal) fez uma proposta de 3,5 milhões de euros pelo Thiago, o Cruzeiro não liberou. Para ele ir embora, e o clube não depender do Cruzeiro, teria que pagar 10 milhões de dólares. O clube (Al-Hilal) fez essa oferta, comunicou que pagaria a multa. Mas para o negócio dar certo, sem o clube ter falar sim ou não, o jogador precisa querer ir embora. Pela primeira vez, o jogador falou não. E não tem aumento. Nesse momento a gente visou só a parte técnica do time”, afirmou.

Com contrato até dezembro de 2019 com o Cruzeiro, Thiago Neves ressaltou a gratidão que tem pelo clube celeste por ter lhe dado oportunidade quando estava afastado do elenco do Al-Jazira, dos Emirados Árabes. O meia endossou a fala de Itair Machado e garantiu que não recebeu reajuste salarial para ficar.

“O Cruzeiro abriu a porta para mim quando estava numa situação complicada no Al-Jazira. O Cruzeiro fez esforço e planejamento para eu chegar. A nova diretoria entendeu minha situação (a vontade de permanecer). Entramos num acordo, não precisa mexer em contrato, não precisa mexer em nada, estou feliz”, garantiu.