De Arrascaeta revela expectativa por estreia e convoca a Nação Azul - CLUB SPORTS | O SEU CANAL DE ESPORTES


 

Breaking

 ASSISTIR AGORA!

domingo, 14 de janeiro de 2018

De Arrascaeta revela expectativa por estreia e convoca a Nação Azul




Já está em fase de contagem regressiva a estreia do Cruzeiro na temporada 2018. Na próxima quarta-feira, 17, a equipe celeste recebe o Tupi no Mineirão, às 21h45, na abertura do Campeonato Mineiro. A diretoria cinco estrelas promoverá diversas ações e espera casa cheia para entrar no ano com o pé direito.

Quase 20 mil ingressos já foram adquiridos pelos Sócios do Futebol, mas a expectativa não se restringe apenas ao torcedor. O uruguaio De Arrascaeta também revelou que está contando as horas para estar em campo vestindo a camisa azul novamente, e aproveitou para destacar a força da parceria entre time e torcida.

“Acho que a expectativa para começar o ano é muito grande para todo o time. Para nós é muito importante voltar a jogar perto do nosso torcedor. Queremos começar bem o ano, que será algo muito importante para todos nós”, destaca.

“Quando o time tem a torcida ao seu lado, as coisas dentro do campo se tornam mais fáceis. Ano passado sentimos o apoio deles durante toda a Copa do Brasil, o que foi importante para a conquista. Passar o ano todo ao lado do torcedor será muito importante de novo”, complementa.

De Arrascaeta tem treinado entre os titulares de Mano Menezes nesta pré-temporada. Nos dois jogos-treino da semana, o camisa 10 marcou gols contra Guarani-MG e Ipatinga-MG.

“Estamos fazendo uma boa pré-temporada, agora já focados no jogo, ganhando ritmo. Sabemos que agora temos jogadores chegando ao time, estamos os conhecendo e eles nos conhecendo. Creio que aos poucos, nos jogos, o time vai melhorando”, projeta.

No Clube desde 2015, o meia da seleção uruguaia acredita que o elenco estrelado está ainda mais qualificado e vai entrar forte na disputa de todas as competições na temporada.

“Ganhamos uma Copa importante ano passado. E chegaram agora um goleador como o Fred, jogadores experientes como Bruno Silva, Mancuello, Edilson, Egídio. Temos um elenco muito forte, mas não ganhamos nada. Precisamos trabalhar muito durante o ano para afirmamos isso dentro dos campeonatos”, salientou o uruguaio.