Com golaço de Arrascaeta, Cruzeiro vence América e se isola na liderança do Mineiro - CLUB SPORTS | O SEU CANAL DE ESPORTES


 

Breaking

 ASSISTIR AGORA!

domingo, 4 de fevereiro de 2018

Com golaço de Arrascaeta, Cruzeiro vence América e se isola na liderança do Mineiro


No duelo dos líderes do Campeonato Mineiro, o Cruzeiro levou a melhor. Com maior volume de jogo, o time celeste contou com uma pintura de Arrascaeta para vencer o América por 1 a 0 e acabar com a invencibilidade do rival, neste domingo, em um Mineirão lotado com mais de 50 mil torcedores.

No total, foram 50.794 presentes, que viram o golaço de Arrascaeta aos 23 minutos da etapa final. Edilson foi à linha de fundo e cruzou para a área. O uruguaio apareceu como um raio e emendou um lindo voleio, acertando o ângulo de João Ricardo, que nada pôde fazer.

Já o América, que segue sem vencer a Raposa no Novo Mineirão, viu a invencibilidade de 15 jogos cair. O Coelho vinha de dez vitórias e cinco empates e não perdia desde o dia 1º de outubro do ano passado, quando foi derrotado por 2 a 1 para o Oeste, no Independência, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

Com a vitória, o Cruzeiro se isolou na liderança do Campeonato Mineiro, com 13 pontos, deixando o América na segunda posição, com dez.

Na próxima rodada, o América vai até o Triângulo Mineiro para enfrentar o Uberlândia, quinta-feira, às 20h15, no Parque do Sabiá. Na sexta, às 21h30, o Cruzeiro visita o Democrata-GV, no Mamudão.

  • O JOGO 

Contrastando com a festa da torcida celeste nas arquibancadas, dentro de campo o primeiro tempo foi de poucas emoções. O Cruzeiro dominou as ações e não praticamente não deixou o América jogar. Com dificuldades pelo meio, a equipe estrelada buscava o ataque pelos lados e abusou dos cruzamentos para a área.

O lance de maior perigo da etapa inicial aconteceu aos cinco minutos. Norberto escorregou proporcionando a chance de Rafinha chegar na bola pela ponta esquerda. O meia-atacante invadiu a área e bateu para boa defesa de João Ricardo. No rebote, Arrascaeta soltou a bomba e o camisa 1 do Coelho salvou novamente. Aos 13, Edílson recebeu pela direita e mandou um foguete rasteiro e o goleiro americano espalmou para escanteio.

Do outro lado, o Coelho limitava a se defender. Quando tinha a bola, o time alviverde sofria para sair tocando e errava praticamente todos os passes no meio-campo. A equipe comandada por Enderson Moreira só ameaçou a meta de Fábio nos acréscimos em um chute de fora da área de Norberto que Fábio teve que se esticar todo para desviar pela linha de fundo.

João Ricardo se destaca e pintura de Arrascaeta

 VISITE O SITE

As equipes voltaram com outro espírito na etapa final e muitas chances foram criadas logo nos primeiros minutos. Aos dois, David, que havia acabado de entrar no lugar de Matheus Sales, arriscou de longe obrigando Fábio a mandar para escanteio.

Na sequência, Ariel Cabral, também de fora da área, acertou um belo chute e João Ricardo caiu no canto para defender. 

O goleiro americano, que já era o melhor da partida, passou a ganhar mais destaque. Aos 10 minutos, Fred recebeu dentro da área, girou e bateu no canto. O camisa 1 do Coelho salvou o time mais uma vez. Dois minutos depois, João Ricardo impediu a conclusão de Rafinha junto à trave evitando o gol do Cruzeiro.

Em meio à pressão do Cruzeiro, o América tentou responder. Rafael Moura escapou pelo lado esquerdo do ataque, levou para o meio e bateu da entrada da área para fácil defesa de Fábio.

O maior volume de jogo do Cruzeiro foi premiado aos 23 minutos de forma magnífica. Edilson foi à linha de fundo e cruzou para a área. Arrascaeta apareceu como um raio e emendou um lindo voleio, acertando o ângulo de João Ricardo, que desta vez nada pôde fazer. Golaço do uruguaio no Mineirão!!

Após sofrer o gol, o América decidiu sair de trás e passou mais tempo no ataque em busca do empate. No entanto, equipe alviverde esbarrou nas próprias limitações e não conseguiu reverter o resultado negativo depois de ficar quatro meses invicto.

  • CRUZEIRO 1 X 0 AMÉRICA

Cruzeiro: Fábio; Edílson, Léo, Murilo e Egídio; Henrique, Ariel Cabral, Robinho (Mancuello), Arrascaeta (Bruno Silva) e Rafinha (Rafael Sobis); Fred. Técnico: Mano Menezes

América: João Ricardo; Norberto, Messias, Rafael Lima e Giovanni; Zé Ricardo (Christian Sávio), Matheus Sales (David) e Renan Oliveira (Serginho); Aylon, Rafael Moura e Luan. Técnico: Enderson Moreira

Motivo: 5ª rodada do Campeonato Mineiro
Data e horário: 4 de fevereiro de 2018, domingo, às 17h
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Gol: Arrascaeta (23’/2º)

Cartão Amarelo: Giovanni (América); Edilson, Egídio, Rafael Sobis (Cruzeiro)

Árbitro: Wanderson Alves de Souza
Auxiliares: Guilherme Dias Camilo e Felipe Alan Costa de Oliveira

Público: 50.794 presentes / 47.499 pagantes
Renda: R$ 608.231,00

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!!!