CRUZEIRO LUTA MUITO, SAI NA FRENTE, MAS LEVA O EMPATE DA CHAPECOENSE NO ÚLTIMO LANCE - CLUB SPORTS | O SEU CANAL DE ESPORTES

Breaking

domingo, 13 de outubro de 2019

CRUZEIRO LUTA MUITO, SAI NA FRENTE, MAS LEVA O EMPATE DA CHAPECOENSE NO ÚLTIMO LANCE


Com muita garra, determinação e organização, o Cruzeiro lutou pela vitória durante toda a partida, saiu na frente no início do primeiro tempo, mas levou o gol de empate no último lance e acabou ficando em 1 x 1 com a Chapecoense, na noite deste domingo, na Arena Condá, em Chapecó-SC, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O zagueiro Dedé marcou o gol da Raposa, que terá como próximo adversário o São Paulo, quarta-feira, às 21h, no Mineirão, em jogo em que a presença e o apoio da maior torcida de Minas Gerais serão fundamentais mais uma vez.

    A PARTIDA                                              

O Cruzeiro começou muito bem no jogo e abriu o marcador logo aos 4 minutos, através de Dedé. O lance começou com uma cobrança de escanteio de Thiago Neves, a zaga cortou e a bola sobrou para Fred, que ajeitou de cabeça para o zagueiro marcar.

Atrás no marcador, o time da casa se mandou para o ataque e criou duas jogadas ofensivas perigosas, um cabeceio de Roberto e um chute forte de Régis, mas o goleiro Fábio, com grandes defesas, evitou a igualdade no placar.

A Raposa se refez do susto e quase ampliou, com Marquinhos Gabriel, que recebeu passe preciso de Thiago Neves e finalizou acima do gol.

Com mais objetividade, o Cruzeiro ainda teve duas oportunidades de gol no primeiro tempo, a primeira delas em um chute forte de Éderson, que João Ricardo defendeu, e a outra e uma finalização de David, na trave.

      SEGUNDO TEMPO                                   

A Chapecoense adotou uma postura ainda mais ofensiva na etapa final e, até os 20 minutos, obrigou Fábio a outras importantes defesas, em chutes de Régis e Bryan.

Apostando nos contra-ataques, o time mineiro só não ampliou o placar por causa de outra grande defesa de João Ricardo, em finalização de Thiago Neves.

Pouco tempo depois, em mais um contragolpe, Deivid serviu Fred, que dominou no peito e soltou uma bomba. A bola explodiu o rosto do goleiro João Ricardo, que fez um verdadeiro milagre.

Aos 41, Ariel Cabral lançou Pedro Rocha, que penetrou na grande área, mas na hora de finalizar para o gol, foi desarmado por Rafael Pereira.

No último lance, aos 49, Arthur Gomes chutou forte, Fábio defendeu e, na sobra, Camilo marcou. O árbitro Caio Max Augusto Vieira checou o lance com o árbitro de vídeo (VAR) Adriano Milczviski por um suposto impedimento e acabou validando o lance de empate da equipe catarinense.

       CHAPECOENSE 1 X 1 CRUZEIRO            

Motivo: 25ª rodada - Campeonato Brasileiro
Data: 13/10/2019 (domingo)
Local: Arena Condá, em Chapecó-SC

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira-RN (CBF-AB)
VAR: Adriano Milczviski-PR (CBF-AB)

Gols: Dedé, aos 3 min. do 1º tempo; Camilo, aos 49 min. do 2º tempo

Chapecoense: João Ricardo; Bryan (Renato), Rafael Pereira, Douglas e Bruno Pacheco; Elicarlos, Vini Locatelli (Arthur Gomes), Camilo e Roberto; Henrique Almeida e Régis (Diego Torres)
Técnico: Marquinhos Santos

Cruzeiro: Fábio; Edilson (Weverton), Dedé, Fabrício Bruno e Egídio; Henrique, Éderson, Marquinhos Gabriel (Pedro Rocha) e Thiago Neves; David (Ariel Cabral) e Fred
Técnico: Abel Braga

Cartões amarelos: Rafael Pereira e Marquinhos Santos (Chapecoense); Pedro Rocha (Cruzeiro)

      Cláudio Antonio    

Nenhum comentário:

Postar um comentário