CBF DETERMINA QUE JOGO ENTRE CRUZEIRO X CRB SEJA DE PORTÕES FECHADOS PELA COPA DO BRASIL - CLUB SPORTS | O SEU CANAL DE ESPORTES


 

Breaking

 ASSISTIR AGORA!

sábado, 7 de março de 2020

CBF DETERMINA QUE JOGO ENTRE CRUZEIRO X CRB SEJA DE PORTÕES FECHADOS PELA COPA DO BRASIL



A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou um ofício nesta sexta-feira que determina que a partida entre Cruzeiro x CRB, pelo duelo de ida da terceira fase da Copa do Brasil na próxima quarta (11), seja disputada com portões fechados.

De acordo com a entidade, a medida é consequência dos três jogos de punição que a Raposa terá que cumprir pelos incidentes na derrota para o CSA, no dia 28 de novembro do ano passado, no Mineirão, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Cruzeiro deve recorrer da decisão. Como falta menos de uma semana para o confronto diante dos alagoanos, o clube celeste terá que agir rápido para tentar reverter a determinação da CBF e conseguir dar início à venda de ingressos.

A determinação foi comunicada pela CBF após a entidade alterar, a pedido do Cruzeiro, o local da partida. Na divulgação da tabela detalhada, nessa quinta-feira (5), a confederação informou que o duelo contra o CRB seria disputado no Independência, mas o clube celeste solicitou a mudança para o Mineirão.

No dia 31 de janeiro deste ano, o Cruzeiro foi punido pela Quarta Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com três jogos de portões fechados e multa de R$ 40 mil devido aos problemas na derrota por 1 a 0 para o CSA. 

O árbitro relatou na súmula que em diversos momentos torcedores acenderam sinalizadores e jogaram objetos em gramado do Mineirão. 

Além disso, afirmou que houve tumulto na torcida celeste, o que paralisou a partida por dois minutos.

Pelo Regulamento Geral de Competições da CBF, as punições sofridas por um clube no Campeonato Brasileiro devem ser cumpridas no próximo torneio organizado pela entidade que, no caso do Cruzeiro, é a Copa do Brasil e a Série B do Campeonato Brasileiro.

Além dos três jogos de portões fechados pelos incidentes no confronto diante do CSA, a Raposa levou mais quatro partidas de punição, sendo três pelas cenas de selvageria dos torcedores contra o Palmeiras, na última rodada do Brasileirão que terminou com o rebaixamento do clube para a Série B, e uma no clássico contra o Atlético, também pela competição nacional do ano passado, pelas brigas entre as torcidas no camarote do Mineirão.