Cruzeiro arranca empate no Maracanã e dá importante passo rumo ao penta da Copa do Brasil - CLUB SPORTS | O SEU CANAL DE ESPORTES

Breaking

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Cruzeiro arranca empate no Maracanã e dá importante passo rumo ao penta da Copa do Brasil




O Cruzeiro deu um importante passou rumo ao pentacampeonato da Copa do Brasil. Nesta quinta-feira, o time de Mano Menezes não se intimidou com um Maracanã lotado, encarou o Flamengo de igual para igual e conseguiu um ótimo empate por 1 a 1 na primeira partida da finalíssima.

Os gols vieram depois da segunda metade da etapa final. Aos 30, Lucas Paquetá, em posição irregular, abriu o placar para os donos da casa. A resposta celeste veio aos 38, com o uruguaio Arrascaeta, aproveita uma falha grotesca do jovem goleiro rubro-negro Thiago. 

Para ficar com o título, o Cruzeiro precisa de uma vitória por qualquer placar no Mineirão, no próximo dia 27. Novo empate leva a decisão para os pênaltis. 

O jogo

O Cruzeiro não se intimidou com a grande festa feita pela torcida rubro-negra antes do jogo e foi para cima. Tanto que logo no primeiro minuto já havia conseguido dois escanteios, que não foram bem aproveitados. 

Aos seis, Thiago Neves recebeu a bola pela esquerda, carregou e disparou cruzado de muito longe. A finalização passou rente ao travessão de Thiago.

A primeira chegada do Flamengo veio aos sete minutos. Diego lançou do meio-campo, Berrío apareceu de surpresa na área e resvalou de leve, mas Fábio, atento, pegou firme. 

Na sequência do lance, contra-ataque rápido celeste pela direita. A bola chegou até Alisson, que dentro da área bateu mascado, facilitando a defesa do goleiro flamenguista. 

Aos 26, veio o lance de maior perigo até então. Diego cruzou na cabeça de Willian Arão, que testou firme para o chão. Fábio mostrou muito reflexo e mandou para escanteio. 

Os dois times voltaram mais conservadores para o segundo tempo, evitando ceder espaços ao adversário. A primeira chegada foi só aos dez minutos. Após boa roubada de bola no campo celeste, Paquetá acionou Berrío na direita, que chegou à linha de fundo e cruzou, mas ninguém apareceu para finalizar. 

O troco celeste quase foi letal. Thiago Neves recebeu na esquerda e cruzou para a área. Alisson apareceu com muita velocidade e finalizou de primeira, exigindo excelente intervenção do jovem Thiago. 

Emoção na reta final

A partir dos 26 minutos o Flamengo intensificou a pressão e passou a levar muito perigo ao gol celeste. Berrío foi acionado na direita e cruzou para a área, Fábio desviou, o próprio Berrío ficou com o rebote e cruzou novamente. Arão finalizou, mas Fábio defendeu. 

Aos 30, após cobrança de escanteio de Diego, Réver finalizou firme e Fábio fez um verdadeiro milagre. No rebote, Lucas Paquetá, em posição irregular, mandou para o fundo do gol, fazendo o Maracanã explodir.

O Cruzeiro não se deu por vencido e buscou o empate aos 38. Hudson bateu sem muita força da entrada da área, mas Thiago falhou feio e rebateu para o meio da área. Melhor para Arrascaeta, que havia acabado de entrar e ficou completamente livre para deixar tudo igual. 

Flamengo 1 x 1 Cruzeiro

Motivo: jogo de ida da final da Copa do Brasil
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP/CBF)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP/CBF) e Bruno Salgado Rizo (SP/CBF)

Gols: Lucas Paquetá, aos 30 min do 2ºT
Público pagante: 56.135

Flamengo: Thiago; Rodinei (Vinícius Júnior), Réver, Juan, Pará; Márcio Araújo (Cuéllar), Willian Arão, Diego e Berrío e Everton; Lucas Paquetá (Gabriel). Técnico: Reinaldo Rueda

Cruzeiro: Fábio; Ezequiel, Leo, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique, Hudson, Robinho e Thiago Neves (De Arrascaeta); Alisson (Rafinha) e Rafael Sobis (Raniel). Técnico: Mano Menezes

Veja os Lances.

Nenhum comentário:

Postar um comentário