Header Ads Widget

Responsive Advertisement

Sidnei Lobo destaca, cobrança no intervalo antes de virada do Cruzeiro sobre a Ponte



Substituto do técnico Mano Menezes no sábado, Sidnei Lobo teve participação decisiva na vitória do Cruzeiro sobre a Ponte Preta por 2 a 1, de virada, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro. Foi, ao menos, o que garantiu o próprio auxiliar.

Descontente com a atuação da equipe no primeiro tempo, quando o Cruzeiro terminou perdendo por 1 a 0, Sidnei Lobo cobrou os jogadores e pediu uma ofensividade maior. A equipe, assim, pressionou o adversário e chegou à virada na etapa final.

"No intervalo, cobrei uma postura mais ofensiva, mas precisávamos fazer o primeiro gol para, aí sim, procurar a vitória. A cobrança existiu. Mas houve muito apoio", declarou o auxiliar. "Eles são pentacampeões, jogadores de qualidade, sabia que eles podiam oferecer algo a mais. Eles corresponderam, mostraram uma grandeza enorme".

Outra participação decisiva no intervalo, segundo ele, foi ao trocar a posição de Rafinha e Alisson. "Fizemos um ajuste tático trouxe o Rafinha para dentro e abri o Alisson, dando liberdade também para o Ezequiel, para confundir um pouco a marcação da Ponte. Fomos premiados com essa virada importante, que coroou todo o trabalho da semana".

Sidnei Lobo destacou, ainda, que o comprometimento do elenco após o título da Copa do Brasil foi preponderante para o triunfo. "Procuramos durante a semana focar só na Ponte Preta. Tínhamos que ter um compromisso com nosso torcedor e precisávamos ter uma postura nesse jogo, que era fazer uma boa apresentação. A equipe entrou focada e muito determinada a buscar o resultado", disse o auxiliar, garantindo que o Cruzeiro seguirá nessa toada.

"O objetivo nosso é oferecer o máximo em cada jogo. Temos que conquistar os pontos. Fomos premiados com o título da Copa do Brasil, o que é importante para todos os profissionais do Cruzeiro e alegrou muito o torcedor. Mas o trabalho não para, temos que pontuar sempre", completou Sidnei Lobo.