Header Ads Widget

Responsive Advertisement

Com trio elétrico, ‘rua de fogo’ e mosaico, América prepara festa para decisão contra CRB


Tudo pronto no América para o último jogo do ano que poderá terminar com o título da Série B do Campeonato Brasileiro. Com direito a trio elétrico, ‘rua de fogo’ e mosaico nas arquibancadas, o Coelho prepara uma grande festa para o jogo decisivo contra o CRB, neste sábado, às 17h30, no Independência, pela 38ª rodada.

Líder com 70 pontos, dois a mais que o Internacional, o América só precisa vencer a partida para levantar a taça e comemorar o bicampeonato após 20 anos do primeiro título. O Coelho pode ser campeão até com empate ou derrota, mas precisará torcer para que os gaúchos, que enfrentam no mesmo horário o Guarani, no Beira-Rio, não ganhem.

“Nós queremos muito esse título, mas é muito mesmo. Os nossos atletas estão extrapolando aquilo que a gente imaginava em termos de entrega e dedicação. Fomos uma equipe muito concentrada durante todo o ano, houve cobrança, foram muitos jogos difíceis e vitórias apertadas tendo que se superar nas logísticas. Eu nem consigo mais cobrar deles. Chegou a um ponto que um olha para o outro e vê que o companheiro está esgotado. Mas a gente quer muito esse título e vai brigar muito”, declarou o técnico Enderson Moreira.

Antes da partida, a diretoria do América preparou uma grande festa para a torcida. As ações começam às 15h30 com o show da banda Buick 90, que tocará em um trio elétrico montado na Rua Pitangui. 

Na chegada do ônibus do Coelho ao Independência, haverá a ‘rua de fogo’. A delegação americana chegará pela Rua Pitangui, onde será recebida com festa e sinalizadores. Dentro do estádio, quando o time entrar em campo, a grande novidade será um mosaico. A ação é inédita em jogos do América e vai abranger todo o anel inferior do Independência, com uma frase exaltando o clube.

Haverá ainda a tradicional queima de fogos na entrada do time em campo. Também serão distribuídos os escudões, que já estão presentes nas arquibancadas em dias de jogos do Coelho.

Para evitar confusões, o América vai proibir a entrada no Independência de torcedores com camisas de outras equipes de futebol (nacionais e internacionais) que não sejam as do próprio clube. De acordo com a diretoria alviverde, a norma é da Polícia Militar de Minas Gerais, que poderá barrar qualquer pessoa que tentar infringir a regra.

Recorde de público

Além do título, a partida poderá marcar também o recorde de público do novo Independência. O América informou que 22.800 foram vendidos para o confronto deste sábado. 

Caso o número de torcedores compareça ao estádio, o Coelho irá superar a marca que pertence ao Atlético e foi atingida no clássico contra o Cruzeiro, vencido pelo Alvinegro por 2 a 1, no jogo de volta da final do Campeonato Mineiro deste ano quando 22.411 pessoas estiveram no Horto.

Time

Para o duelo decisivo, o técnico Enderson Moreira não poderá contar com o goleiro João Ricardo, que trata de uma lesão no quadril sofrida no empate com o Londrina. Por outro lado, o meia Renan Oliveira treinou pelo segundo dia seguido depois de se recuperar de entorse no tornozelo direito. Outro reforço é o zagueiro Messias, que está recuperado de lesão muscular na perna esquerda.

Apesar das definições de quem volta e quem não joga, o treinador americano adotou o mistério e não divulgou a equipe que entrará em campo.

Acompanhe, a partir das 17h05, a Jornada Esportiva da Itatiaia com o 1º Time do Rádio. Narração de Enio Lima, comentários de Cadu Doné e reportagens de Emerson Romano, Rubens Junior e Thiago Reis.

América x CRB

América: Fernando Leal; Norberto, Messias, Rafael Lima e Pará; Juninho, Ernandes e Ruy; Felipe Amorim; Bill e Luan. Técnico: Enderson Moreira

CRB: Edson Kölln; Eduardo, Adalberto, Flávio Boaventura (Gabriel) e Diego; Yuri, Rodrigo Souza, Edson Ratinho, Tony e Chico; Zé Carlos. Técnico: Mazola Júnior

Motivo: 38ª rodada – Série B do Campeonato Brasileiro
Data: 25 de novembro de 2017, sábado, às 17h30
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)