Header Ads Widget

Responsive Advertisement

PELA SUL-AMERICANA ATLÉTICO DEIXA ESCAPAR A VITÓRIA, E PERDE DE VIRADA



Apesar de ter saído na frente no placar, o Atlético vacilou e saiu em desvantagem nas semifinais da Copa Sul-Americana. Isso porque, na noite desta quinta-feira, o time visitou o Colón e acabou derrotado por 2 a 1, de virada, no Estádio ‘Cemitério de Elefantes’.

Mesmo com o resultado adverso, o goleiro Cleiton afirmou que acredita na classificação do Atlético, que decidirá a vaga para a final no Mineirão na próxima quinta-feira, às 21h30.

"Vamos jogar em casa o segundo jogo e a classificação ainda está em aberto. Fizemos um primeiro tempo perfeito e sabíamos que no segundo tempo eles viriam para cima. 

Tomamos gols em duas infelicidades. Mas agora é aprender com os erros, já que temos totais condições de reverter. Sabemos que uma vitória simples, por 1 a 0, pode levar nossa equipe à decisão", disse o goleiro atleticano em entrevista ao DAZN.

Autor do gol do Galo no jogo, Chará seguiu a mesma linha do companheiro. E ainda pediu apoio da torcida. Por conta da vantagem do "gol fora", o time alvinegro joga por uma vitória simples por 1 a 0. Enquanto os argentinos avançam com o empate.

"Apesar da derrota, um gol fora de casa é importante. Sabíamos que seria um jogo difícil aqui, mas de qualquer forma, tudo ainda está em aberto. Agora vamos jogar em casa. Sempre importante a torcida ao nosso lado, quero dar alegria para eles. Vamos avançar", concluiu o atacante.

Como na Sul-Americana existe o gol qualificado como visitante, o Atlético precisará de uma vitória simples por 1 a 0 no duelo de volta, no Mineirão, para avançar à final. Caso seja vazado, o Galo terá que ganhar por dois de vantagem (3 a 1, 4 a 2 e assim por diante).

Já o Colón joga pelo empate ou até derrota por um gol de diferença (desde que marque dois ou mais gols) para ir à decisão do torneio. Triunfo do Galo por 2 a 1 leva a disputa da vaga para os pênaltis.