ATLÉTICO COMEÇA BEM MAIS CEDE O EMPATE E PERMITE A VIRADA DO BAHIA - CLUB SPORTS | O SEU CANAL DE ESPORTES


 

Breaking

 ASSISTIR AGORA!

terça-feira, 20 de outubro de 2020

ATLÉTICO COMEÇA BEM MAIS CEDE O EMPATE E PERMITE A VIRADA DO BAHIA



O Atlético dominou amplamente o jogo até a metade do segundo tempo, desperdiçou várias oportunidades de gol, teve um pênalti claro sobre Keno não marcado pelo árbitro Anderson Daronco, do Rio Grande do Sul, e acabou perdendo por 3 a 1 para o Bahia, na noite desta segunda-feira (19), no Estádio Pituaçu, em Salvador. O gol alvinegro foi marcado pelo venezuelano Savarino.

Com o resultado, o Galo ficou em terceiro lugar na tabela de classificação, com 31 pontos e um jogo a menos que Internacional (1º) e Flamengo (2º), que somam 34 pontos. 

Na próxima rodada, o adversário será o Sport, às 21h de sábado (24), no Mineirão

    O JOGO                                            

O Atlético teve a primeira boa chance com Nathan, que recebeu passe de Savarino e finalizou para fora. Em seguida, Keno chutou de fora da área e o goleiro Douglas fez a defesa. 

Aos 15, Keno recebeu a bola pela esquerda, chutou forte e a bola saiu rente à trave. Logo depois, Savarino cruzou rasteiro pela direita e Keno concluiu para fora. 

O Galo dominava totalmente o jogo e, aos 20 minutos, Alonso cruzou pela esquerda, Jair escorou de cabeça e Réver ajeitou a bola para o chute certeiro de Savarino: Galo 1 x 0.
Aos 32, Keno recebeu a bola na grande área pela esquerda, driblou seu marcador e sofreu pênalti claro, não marcado pelo árbitro Anderson Daronco, que sequer consultou o VAR no lance. 

Em novo ataque atleticano, aos 39, Keno avançou pela esquerda e rolou para a finalização de Jair, à direita do gol. 

O Galo voltou para o SEGUNDO TEMPO com Igor Rabello no lugar de Réver.
Logo no primeiro ataque, Keno arriscou de fora da área e o goleiro Douglas fez a defesa. Em seguida, Savarino cruzou pela direita e a bola atravessou a área. Na sequência da jogada, Keno chutou por cima do gol. 

O Atlético levou perigo em dois cruzamentos seguidos de Savarino pela direita, cortados pela defesa baiana. Aos 14, após novo cruzamento de Savarino, Keno desviou para fora. 

Em grande oportunidade, aos 18, Savarino recebeu grande passe de Nathan na grande área pela direita e chutou cruzado para fora. No minuto seguinte, Keno invadiu a área pela esquerda e bateu cruzado, também para fora. 

Aos 23, Daniel empatou para o Bahia. Dez minutos mais tarde, Marrony entrou no lugar de Eduardo Sasha. 

O Bahia fez o segundo gol aos 34 minutos, com Gilberto. Em seguida, Nathan foi substituído por Sávio. 

O Galo tentou reagir na cobrança de falta de Savarino que Alonso desviou para fora. Aos 43, Gilberto fez o terceiro gol do Bahia. 

FICHA TÉCNICA 

           BAHIA 3 x 1 ATLÉTICO            

Competição: Campeonato Brasileiro 
Rodada: 17ª 
Data: 19/10/2020 (segunda-feira) 
Gols: Savarino (20' - 1ºT), Daniel (23' - 2ºT), Gilberto (34' - 2ºT)(43' - 2ºT) 
Estádio: Pituaçu 
Cidade: Salvador (BA) 

Bahia 
Douglas Friedrich; Ernando, Lucas Fonseca, Juninho, Juninho Capixaba, Gregore, Elias, Edson (Gilberto), Ramon (Daniel), Fessin (Alesson) e Clayson (Marco Antônio). 
Técnico: Mano Menezes. 

Atlético 
Everson; Guga, Alonso, Réver (Igor Rabello), Guilherme Arana, Jair, Alan Franco, Nathan (Sávio), Savarino, Keno e Eduardo Sasha (Marrony). 
Técnico: Jorge Sampaoli. 

Cartões amarelos: Alonso (Atlético); Edson, Elias, Gilberto, Alesson (Bahia)
Árbitro: Anderson Daronco FIFA RS 
Árbitro Assistente 1: Rafael da Silva Alves FIFA RS 

Árbitro Assistente 2: Michael Stanislau AB RS 
Quarto Árbitro: Irinaldo Jorge dos Santos Silva CD BA 
Árbitro de Vídeo: Daniel Nobre Bins AB RS 

Assistente de Árbitro de Vídeo 1: Douglas Schwengber da Silva AB RS 
Assistente de Árbitro de Vídeo 2: Lúcio Beiersdorf Flor AB RS 
Observador de VAR: Anderson Carlos Gonçalves CBF PR