Atlético vence reservas do Joinville e volta à briga pela classificação na Primeira Liga - CLUB SPORTS | O SEU CANAL DE ESPORTES


 

Breaking

 ASSISTIR AGORA!

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Atlético vence reservas do Joinville e volta à briga pela classificação na Primeira Liga





Na primeira partida sem o atacante Lucas Pratto, que foi cortado do time na última hora, pois negocia sua transferência para o São Paulo, o Atlético fez o dever de casa e venceu os reservas do Joinville por 2 a 0, nesta quinta-feira, no Independência, pela segunda rodada do Grupo C da Copa da Primeira Liga. O resultado recolocou o Galo na briga por uma vaga na próxima fase do torneio regional, já que tinha perdido na estreia no clássico contra o Cruzeiro, no Mineirão.

Fred, em cobrança de pênalti sofrido por Marcos Rocha, e Otero, com um golaço de falta, marcaram na vitória alvinegra diante de pouco mais de 13 mil torcedores no Horto. Antes do primeiro, o camisa 99 teve um gol anulado de forma duvidosa.

Já o Joinville mandou a campo uma equipe completamente reserva porque jogou nessa quarta-feira pelo Campeonato Catarinense e priorizou o Estadual.

Com o triunfo, o Atlético foi a três pontos e aumentou as chances de se classificar às quartas de final da Primeira Liga. Os dois primeiros colocados de cada grupo avançam. O Joinville ficou com um ponto, ao lado da Chapecoense que enfrenta o Cruzeiro daqui a pouco, no Mineirão. A Raposa soma três pontos e poderá garantir a vaga antecipada em caso de vitória.

Na última rodada do Grupo C, o Atlético irá enfrentar a Chapecoense, na Arena Condá, no dia 1º de março. Já o Joinville recebe em casa o Cruzeiro no dia 22 de fevereiro.

Mas antes, o Galo volta a campo no próximo domingo, às 17h, contra o Uberlândia, pelo Campeonato Mineiro.

O jogo
Não demorou para que os comandados de Roger Machado mostrassem a ampla superioridade técnica diante da equipe reserva do Joinville nesta quinta. Logo aos oito minutos, Fábio Santos cruzou da esquerda e Fred subiu para cabecear no canto direito de Matheus, que fez bela defesa.

O atacante assumiu para si o protagonismo e foi o nome do primeiro tempo. Aos 10, recebeu de Rafael Carioca e tocou com estilo na saída do goleiro para marcar, mas o auxiliar assinalou impedimento duvidoso. Aos 18, Marcos Rocha invadiu a área pela direita, deu dois cortes e foi calçado. O árbitro marcou pênalti que Fred cobrou no canto esquerdo do goleiro para marcar.

Além da qualidade característica de artilheiro, Fred também saiu da área para buscar jogo nesta quinta, bem ao estilo de Pratto. Aos 27, ele arrancou pelo meio e deu enfiada precisa para Cazares, que recebeu de frente para o goleiro mas jogou para fora.

O Joinville estava completamente dominado e só chegou ao ataque aos 32, em chute com força de Gustavo Xuxa de fora da área, mas sem direção. A resposta atleticana foi imediata e quase resultou no segundo gol. Cazares recebeu pela esquerda e enxergou Otero entrando na área pelo outro lado. Com um lindo lançamento, encontrou o venezuelano, que se jogou acrobaticamente, mas não pegou em cheio.

O segundo tempo começou como o primeiro, e o Atlético se lançou ao ataque, aproveitando a fragilidade do adversário. Aos quatro minutos, Otero cruzou da direita, Danilo tomou a frente da marcação e cabeceou para o chão. A bola quicou e passou por cima do gol.

Elias, aos 11, e Cazares, aos 14, tentaram em chutes de longe e levaram perigo. Mas foi o especialista neste fundamento que ampliou o placar para o Atlético. Aos 22 minutos, Otero encheu o pé em falta da intermediária e acertou o ângulo direito de Matheus, que não alcançou.

O segundo gol tranquilizou de vez o Atlético, que diminuiu o ritmo e já não levava tanto perigo. Roger, então, resolveu dar chances a Yago e Rafael Moura. O centroavante entrou na vaga de Fred precisando mostrar serviço e deu novo ânimo ao time. Aos 38 quase deixou sua marca após cruzamento de Danilo, mas parou em nova boa defesa de Matheus.

Atlético 2 x 0 Joinville

Atlético: Giovanni; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Rafael Carioca, Elias (Yago), Danilo, Cazares (Maicosuel) e Otero; Fred (Rafael Moura). Técnico: Roger Machado

Joinville: Matheus; Jeferson, Gustavo, Igor e Brenner; Júnior Sutil, Jonathan Ramos (Matheus Silva) e Gabriel Knapp (Eduardo Person); Breno, Marlyson e Gustavo Xuxa (Diego Viana). Técnico: Fabinho Santos

Motivo: 2ª rodada do Grupo C - Copa da Primeira Liga

Data: 9 de fevereiro de 2017, quinta-feira, às 19h15

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Gols: Fred (pênalti - 18 min/1ºT), Otero (22 min/2ºT)

Cartão Amarelo: Gustavo, Brenner (Joinville), Danilo (Atlético)

Árbitro: Edivaldo Elias da Silva (PR)

Auxiliares: Luiz Souza Santos Renesto (PR) e Diego Grubba Schitkovski (PR)

Público: 13.248

Renda: R$ 117.610,00