Cruzeiro sai atrás, mas busca o empate contra o Vitória - CLUB SPORTS | O SEU CANAL DE ESPORTES


 

Breaking

 ASSISTIR AGORA!

domingo, 19 de novembro de 2017

Cruzeiro sai atrás, mas busca o empate contra o Vitória


Se para o Cruzeiro o jogo deste domingo, no Barradão, não valia praticamente nada, para o Vitória a situação era exatamente o inverso. Tentando desesperadamente escapar da degola, o rubro-negro baiano precisava dos três pontos para respirar um pouco mais aliviado restando duas rodadas para o fim do Brasileirão. 

O time de Mano Menezes não se deixou levar pela atmosfera de dramaticidade que envolvia a partida, foi melhor durante boa parte dos 90 minutos e só não conseguiu um resultado melhor que o 1 a 1 porque perdeu muitas chances. David e Alisson anotaram os gols.

Com o resultado, o Cruzeiro, penta da Copa do Brasil e já classificado para a Libertadores do ano que vem, chegou aos 56 pontos e subiu para o quarto lugar na classificação geral. O Vitória, por sua vez, soma agora 40, apenas um a mais que a Ponte Preta, equipe que abre o Z4 e joga nesta segunda-feira.

Na próxima rodada, a Raposa recebe o Vasco, no Mineirão, enquanto os baianos têm um confronto de vida ou morte justamente contra a Ponte Preta, em Campinas. As duas partidas acontecem no domingo.
  • O JOGO
Os donos da casa começaram o jogo em cima do Cruzeiro. Logo aos três minutos, Patric ganhou de Bryan, invadiu a área e cruzou forte. Fábio conseguiu desviar antes que Tréllez tivesse a chance de finalizar.

Aos dez, a primeira boa chegada celeste. Galhardo recebeu na direita, cortou o marcador e cruzou com a canhota. A bola passou por Jonata e ficou com o goleiro Fernando Miguel.

O primeiro gol do jogo chegou aos 20 minutos, depois que Bryan colocou a mão na bola e cometeu um pênalti bobo. Deivid foi para a cobrança e, com paradinha, tocou com categoria no canto esquerdo de Fábio. 

O gol parece ter acendido o Cruzeiro, que passou a abafar o Vitória em seu campo defensivo e criou inúmeras oportunidades de gol. Aos 33, Bryan cruzou, Fernando Miguel saiu mal e a bola sobrou para Leo no segundo pau. O zagueiro finalizou desequilibrado, mas ainda assim o chute beijou o poste.

No lance seguinte, Romero carregou na entrada da área e encontrou Henrique sem marcação. O volante chutou forte, a bola acertou o travessão e quicou dentro do gol, mas o auxiliar que fica na linha de fundo mandou o jogo seguir.

Aos 46, Arrascaeta recebeu lançamento na área e se livrou da marcação, mas viu Élber ‘roubar-lhe’ a bola e bater rasteiro. A finalização passou rente à trave direita de Fernando Miguel.

A Raposa seguiu em cima do Vitória no segundo tempo e criou outra grande chance aos 17 minutos. Alisson recebeu na esquerda e tocou para Bryan. O lateral disparou um foguete contra o gol, mas a bola parou mais uma vez no travessão dos baianos.

Aos 27, o rubro-negro perdeu a chance de praticamente matar o jogo. Deivid recebeu na esquerda, passou por dois marcadores e bateu por cobertura na saída de Fábio. A bola passou raspando o travessão, para desespero dos mais de 14 mil torcedores que foram ao Barradão.

O merecido empate cruzeirense aconteceu aos 30. Bryan cruzou para Alisson, que acertou um lindo
  • VITÓRIA 1 X 1 CRUZEIRO

Motivo: 36ª rodada do Campeonato Brasileiro 
Local: Barradão, em Salvador (BA) 
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (Fifa/SP) 
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa/SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (CBF/SP)
Gols: David, aos 20 min do 1ºT, Alisson, aos 30 min do 2ºT
Vitória: Fernando Miguel; Patric, Kanu, Wallace e Geferson; Uillian Correia (Neilton), Fillipe Souto (Ramon), José Welison e Yago (André Lima); David e Santiago Tréllez Técnico: Vagner Mancini 
Cruzeiro: Fábio; Rafael Galhardo (Judivan), Leo, Murilo e Bryan; Henrique, Lucas Romero, Rafinha (Messidoro) e De Arrascaeta; Alisson e Jonata (Élber). Técnico: Mano Menezes