WAGNER PIRES DE SÁ DEIXARÁ O POSTO E NOVO CONSELHO CONSULTIVO SERÁ COMPOSTO POR GRANDES EMPRESÁRIOS - CLUB SPORTS | O SEU CANAL DE ESPORTES


 

Breaking

 ASSISTIR AGORA!

segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

WAGNER PIRES DE SÁ DEIXARÁ O POSTO E NOVO CONSELHO CONSULTIVO SERÁ COMPOSTO POR GRANDES EMPRESÁRIOS


Com tantos problemas administrativos e desafetos por parte da torcida, a novela do Presidente Wagner pires está por um fio de chegar ao fim, Pressionado com tanto desacertos nessa temporada e a queda do time estrelado para 2ª Divisão do Campeonato Brasileiro do ano que vem, salários atrasados, dívidas e grandes problemas financeiros envolvendo essa gestão de Wagner Pieres e companhia tem levado ao presidente a única saída  ao não ser sua renuncia.      

O presidente Wagner Pires de Sá está disposto a sair do cargo após passar a tarde dessa segunda feira reunidos com membros dos conselhos Gestor, Fiscal e Deliberativo do Clube na sede administrativa Wagner Pires se mostrou disposto a deixar o cargo de presidente.

O posicionamento de Wagner foi dado durante a reunião desta segunda-feira depois que o presidente do Conselho Deliberativo do Cruzeiro, José Dalai Rocha, recomendou a renúncia justificando que há três empresários dispostos a assumir o clube.

Outro motivo para Wagner Pires de Sá não renunciar nesta segunda-feira é que ele precisa resolver alguns compromissos financeiros que assumiu pelo clube como avalista.

Após a renúncia de Wagner, será formado um conselho consultivo com grandes empresários cruzeirenses, entre eles estariam Pedro Lourenço (Supermercados BH) e Emílio Brandi (Nova Safra). Também seria convidado para essa equipe Aquiles Diniz (ex-diretor do Banco Inter). 

Os conselheiros Walter Cardinalli e Jarbas Matias dos Reis seriam os nomes para compor a nova direção celeste. Os dois são bem vistos por quem deve iniciar o projeto de reconstrução do clube.

“O presidente passou o dia em reunião com os conselhos Gestor, Fiscal e Deliberativo. Ele recebeu do Dalai Rocha uma sugestão de renúncia, porque haveria três grandes empresários dispostos a assumir o Cruzeiro”, disse o diretor de comunicação do Cruzeiro, Valdir Barbosa, em contato com a imprensa no início da noite desta segunda-feira.

“Ele (presidente) me relatou que está disposto a renunciar desde que esses empresários sejam apresentados a ele. A partir daí, será feito um documento sobre como se dará essa entrada (dos empresários) no Cruzeiro. 

Não seria apenas uma coisa de palavra”, completou.

Wagner Pires de Sá deixou a sede administrativa sem falar com a imprensa. Contudo, a renúncia ainda não foi definida.

   Situação dos vices                                    

Em relação aos dois vices, Hermínio Lemos e Ronaldo Granata, ainda não se sabe se eles tomarão o mesmo caminho caso Wagner renuncie. O diretor de comunicação do Cruzeiro afirmou que não conseguiu falar com eles por telefone e, por isso, não sabe dizer se também renunciariam.

“Não posso adiantar isso porque eu não estive com eles. Nenhum deles estava aqui (na sede administrativa) quando eu cheguei. Por telefone, não conseguimos falar com ninguém. Eu estava na Toca da Raposa II acompanhando a assinatura do contrato (de renovação) do Adilson (Batista), reuniões que já começam a projetar a temporada de 2020, enfim, e eu não consegui falar com nenhum dos vices do Wagner. 

Com o presidente eu só falei agora, também não conseguia falar porque era uma reunião permanente e ninguém atende celular”, afirmou.