ALEXANDRE MATTOS É O NOVO DIRETOR DE FUTEBOL DO ATLÉTICO - CLUB SPORTS | O SEU CANAL DE ESPORTES


 

Breaking

 ASSISTIR AGORA!

sexta-feira, 13 de março de 2020

ALEXANDRE MATTOS É O NOVO DIRETOR DE FUTEBOL DO ATLÉTICO


O Atlético oficializou nesta quinta-feira a contratação de Alexandre Mattos para o cargo de diretor de futebol do clube. O anúncio foi feito no Twitter pelo presidente Sérgio Sette Câmara, que destacou o fato de ter contratado também o técnico Jorge Sampaoli e que agora conta com os dois melhores profissionais em suas áreas.

“Estamos seguindo um caminho importante. Com responsabilidade, trouxemos os melhores: Sampaoli e, agora, Alexandre Mattos. #AquiÉGalo”, postou o mandatário.

Mattos tinha um acordo com o Reading, da Inglaterra, mas a falta do visto de trabalho prejudicou a ida do diretor ao país do Reino Unido. Na semana passada, ele se reuniu com o presidente do Atlético em Belo Horizonte e encaminhou o acerto com o clube alvinegro.

ncomodado com a demora em conseguir o visto de trabalho na Inglaterra, Alexandre Mattos divulgou uma nota nessa quarta-feira (11) avisando que tinha desistido de se transferir para o Reading. A atitude abriu caminho para o diretor fechar com o Atlético.

Com passagens por América, Cruzeiro e Palmeiras, Alexandre Mattos cursou Administração de Esportes na Faculdade Promove e Gestão de Esportes na Getúlio Vargas. Por quatro anos consecutivos, entre 2013 e 2016, foi eleito pela Brasil Sports Market como melhor executivo de futebol do Brasil.

Mattos está sem trabalhar desde que foi demitido do Palmeiras, no dia 1º de dezembro do ano passado. No dia 6 de janeiro deste ano, o dirigente foi anunciado como consultor do vice-presidente de futebol do Núcleo Dirigente Transitório do Cruzeiro, Pedro Lourenço. 

Ele ficaria no clube celeste por 60 dias e ajudaria na formação do time para a Série B do Campeonato Brasileiro. No entanto, deixou a função quatro dias depois após a saída de Pedrinho.

Com forte ligação com o Cruzeiro, Alexandre Mattos participou da formação do time bicampeão brasileiro 2013/2014 e depois decidiu deixar o clube para se transferir para o Palmeiras. No clube paulista, formou a equipe que conquistou dois títulos do Brasileirão (2016 e 2018) e a Copa do Brasil de 2015.

O Atlético estava sem diretor de futebol desde o dia 26 de fevereiro, quando o presidente Sérgio Sette Câmara demitiu Rui Costa após a eliminação na segunda fase da Copa do Brasil para o desconhecido Afogados da Ingazeira, de Pernambuco. Na ocasião, o gerente de futebol Marques e o técnico Rafael Dudamel também caíram.